Skip to main content

Casa sem terra


Eu fui criada em um quintal com jardim e muita terra pra brincar. Fazíamos comidinha com folhinhas, terra e água e apesar da sujeira era muito divertido.

Infelizmente a casa onde moro hj não tem lugar pra terra. Consegui a muito custo fazer um minúsculo jardim que não chega a ter 1 m2 e nele tenho uma primavera e uma outra arvorezinha de pequeno porte e só. Não cabe mais nada.

Estes dias o Edu ganhou um kit jardim com um pequeno regador, duas pazinhas e uma tesoura e eu expliquei que era pra brincar na terra e plantar. Eu prometi que vou levá-lo a um lugar com terra pra ele brincar e me distrai com outra coisa.

Qual não foi minha surpresa quando o vi brincando com o kit jardim na minha sala fingindo que estava plantando as florzinhas do meu tapete. Achei o máximo o exercício de imaginação dele mas ao mesmo tempo fiquei morrendo de dó de ve-lo ali, plantando aquelas flores de mentira.

Pra melhorar o divertimento dele, coloquei água em um balde e deixei-o aguar minhas plantas com o regadorzinho. Não demorou muito pra ele começar mexer na terra dos vasos com a pazinha e cortar algumas folhinhas com a tesourinha. Tive que deixa-lo brincar e nem fiquei brava quando ele me trouxe na maior alegria todas as flores que cortou de um vasinho. É bem verdade que elas ja estavam ficando velhas mas ainda enfeitariam o vaso por um tempo. Mas ele se divertiu a tarde inteira mesmo com aquele mínimo de terra.

Meu sonho agora é ter uma casa com um jardim e muita terra pra eles brincarem.