Skip to main content

Quase certo!

É, parece que a família Barbosa vai aumentar mesmo!

Além do exame físico indicar que sim (sem contar esse barrigão que não para de crescer) as dosagens de beta-HCG e progesterona deram altas também. A semana que vem vou repetir estes exames pra confirmar.

De qualquer forma o primeiro ultra-som já está marcado pra 3 de janeiro e nós já estamos comemorando.

O médico é que ainda não está muito convencido. Mas até o entendo! Não é mesmo comum engravidar tão rápido após um aborto ( o Sergio detesta esta palavra) e o crescimento da barriga e aumento da sensibilidade olfativa exclusivamente para leite não pode ser considerado indicio de gravidez.

Agora só nos resta esperar até a semana que vem pra ver a quantas andam as dosagens dos hormônios.