Skip to main content

Batizado da Helena

Ontem foi o batizado da Helena. Fazia muito tempo que eu não entrava na igreja onde também fui batizada, crismada e me casei. Frequentei aquela igreja por muito tempo e apesar de andar meio descrente foi emocionante relembrar todas as coisas que vivi naquele lugar.

Pra Helena não foi muito interessante; primeiro porque durante a missa ela foi obrigada a ficar no colo, não pôde correr pelos corredores e teve que ficar quietinha. Depois, ela detestou aquele homem (o padre) que jogou água em sua cabeça e passou óleo em seu peito. Cada vez que o padre se aproximava ela já começava chorar.

Quando acordei de manhã pensei que seria um dia terrível: estava chovendo muito e não estava com cara de que a chuva ia parar. A missa ia começar as 10 e a igreja é perto da casa da minha mãe: ou seja, longe da minha casa. Estavamos com medo de pegar algum alagamento pelo caminho ou mesmo trânsito, mas o percurso foi muito tranquilo apesar da chuva que não parava. Estou até me sentindo culpada porque passei dias rezando pra chover: deu certo e não quer parar mais.

Para nossa grande surpresa, no final da cerimônia a chuva tinha parado, o céu estava limpo e até o sol apareceu. Foi ótimo porque tinhamos planejado um churrasco na casa dos meus pais e com chuva ia ser bem complicado. A tregua foi longa e muito bem vinda. No final do dia, ou melhor, inicio da noite, a chuva voltou e deu uma nova tregua na hora de irmos pra nossa casa. Só voltou a chover na hora em que fomos dormir (adoro dormir com chuva).

Enfim foi perfeito! Tudo deu certo.