Skip to main content

O bule verde


Há alguns meses atrás ganhei de presente um bule verde: sim um bule naquele formato mais tradicional possível mas verde abacate. Tudo bem que aqui em casa ninguem toma café; tudo bem também que verde abacate não é minha cor preferida, mas como sei que foi um presente dado de coração por uma senhorinha de mais de 90 anos, agradeci muito e o trouxe pra casa.

A princípio pensei em guarda-lo no armário naquela parte que a gente usa pouco, mas... foi um presente dado de coração por uma senhorinha de mais de 90 anos e eu fiquei com peso na consciencia e coloquei-o junto às minhas outras panelas. Mas lá no fundo do armário pra não ficar atrapalhando, mesmo tendo sido um presente dado... bom todo mundo já sabe!

E não é que há algumas semanas eu descobri que o tal do bule me ajuda muito????!!!! A Helena está com 1 ano e 3 meses e está terrível: ela sobe em tudo, mexe em tudo, bagunça tudo e descobriu os meus armários da cozinha. Com tantas novidades é muito dificil convence-la a não mexer naqueles armários repletos de "brinquedos".

Sua última descoberta foi o armário onde guardo as panelas e são tantas possibilidades com tampas, assadeiras, panelas barulhentas que não posso me distrair e lá está Helena jogando tudo no chão.

Até que um dia no meio daquele monte de panelas pretas por dentro e por fora ela avistou no fundo do armário o tal do bule verde. Foi paixão a primeira vista. Na mesma hora largou todo o resto e ficou um tempão distraída com aquele bule: tampa, destampa, fala no bico, coloca coisinhas dentro... e ele ainda tem a grande vantagem de ser super leve o que facilita muito a brincadeira dela. Agora o bule verde ganhou um novo status no armário. Já fica bem na frente de tudo esperando a Helena abrir a porta do armário. Ao lado dele eu deixo uma colher de plástico que a Helena usa pra misturar o seu café de mentira.

E sabe que eu tenho até achado o tal do bulinho bonitinho? Logo logo vou acabar escondendo-o pra Helena não pegá-lo mais!