Skip to main content

Música ao vivo no carro

Troquei de carro!

Nós gostávamos muito do nosso carrinho antigo mas infelizmente seu porta malas ficou pequeno. Com o nascimento da Luísa tinhamos sempre que escolher: ou levava o carrinho dela ou as bicicletas. Se resolvêssemos viajar teríamos que decidir entre as malas, o carrinho ou ... as bicicletas. E são duas: a do Edu e a tonquinha da Helena.

Eu não vejo a hora de me livrar do carrinho da Luísa mas com a minha experiência já sei que a saída do carrinho acarreta na chegada de mais uma bicicleta. E como eles adoram!!! Passam a tarde inteira no pequeno espaço da minha garagem dando voltas e mais voltas imaginando viagens, trânsito, passeios... E sempre que eu saio de casa os dois trazem as bikes pra colocar no carro.

Pois então, troquei de carro e acabei trocando também de radio do carro.

Não sei se já disse aqui mas sou fã apaixonada pelo Pearl Jam e sempre tenho um CD deles no carro que ouço incansavelmente sempre que dirijo. Pois não é que o tal rádio "novo" está fazendo até o Eddie Vedder me irritar???

A porcaria do rádio não deve ter aqueles amortecedores que não deixam o som ficar falhando. Pra quem anda na cidade de São Paulo já dá pra imaginar como fica o som: pára o tempo todo! É tão irritante que dá vontade de jogar o rádio pela janela!!!

De vez em quando a buraqueira é tanta que o rádio acusa falha e devolve o CD; ou talvez o CD se recuse a tocar naquele ambiente turbulento e se jogue pra fora do radio.

Como foi a minha irmã quem comprou o meu carro "velhinho" acompanhado do meu radinho "novinho", não fiquei nem um pouco intimidada em pedir meu radinho de volta e assim poder ouvir as músicas do Pearl Jam na voz do Eddie Vedder, e não na minha.