Skip to main content

Posts

Showing posts from November, 2007

Foi só um grande susto

O final da tarde e começo da noite aqui em casa sempre é meio corrido. É o momento em que eu preparo o jantar, dou banho nas crianças e tento entreter a Luísa que nesta hora sempre quer colo e atenção. Ontem, enquanto preparava o jantar, coloquei a Luísa no carrinho e deixei o Edu e a Helena na porta da cozinha brincando com o Leo (meu cachorro, pra quem não conhece).

A Luísa estava especialmente tranquila olhando as brincadeiras dos dois com o cachorro até que de repente, não sei bem como eles subiram no carrinho pra brincar com a Luísa e quando eu olho vejo o Eduardo no chão gritando, a Helena também caída ao lado dele e o carrinho em cima dos dois.

Eu fiquei desesperada porque a Luísa não estava emitindo nenhum som e eu não conseguia vê-la. Larguei o pote que estava na minha mão e com um certo cuidado mas rapidamente fui levantando o carrinho. Naqueles poucos segundos entre eu ver o carrinho caído e correr pra levantá-lo milhões de coisas passaram pela minha cabeça e o silêncio da …

Eu comi meu bichinho de estimação

O que esperar de uma pessoa que come o próprio bichinho de estimação no almoço de domingo???? Pois é: eu comi o bichinho e ainda achei uma delícia!!!!

Quando eu era criança minha mãe sempre comprava aqueles pintinhos que vendiam na feira. Várias vezes ela comprou mas eles sempre acabavam morrendo ainda muito pequenos: o cachorro matou um, minha mãe pisou em outro quando estava colocando roupas no varal e só um deles conseguiu chegar à adolescência: o Cocó.

Como todo pré-adolescente, o Cocó era um chato: ficava com aquela vozinha desafinada treinando pra ser galo de madrugada e as vezes queria cantar de galo no nosso quintal. A minha irmã mais velha com seus sapatos de salto fino era a sua maior vítima e bastava ele ouvir o primeiro toc já saia correndo atrás dela irado.

Mas ainda assim, ele era meu bichinho de estimação!!!

Quando chegou o Carnaval a família inteira foi viajar pra praia e o Cocó foi levado pra casa da minha tia "pra não ficar sozinho". Criança não pensa muito no…

O perigoso maníaco

Eu e o Sergio estávamos nos lembrando ontem de um episódio que por pouco não deu um fim no nosso casamento ainda no primeiro mês.

De vez em quando eu tenho alguns sonhos não muito bons que me deixam morrendo de medo mesmo depois de ter acordado. Quando criança eu sempre pedia pra minha irmã segurar a minha mão ou pra ir pra cama dela e agora, quem me protege é o Sergio.

Mas certa vez, pouco depois de termos voltado da nossa lua de mel, enquanto o Sergio tomava banho e se preparava pra dormir, eu, deitada na minha cama, comecei pensar bobagens: e se o Sergio fosse uma maníaco? E se ele me atacasse no meio da noite enquanto eu dormia (depois de mais de um mês dormindo juntos!!!)? Enquanto ele tranquilamente tomava seu banho eu fui ficando desesperada com aquela ídéia absurda mas que pra mim parecia muito possível.

Até que o banho acabou e o Sergio veio se deitar e eu morrendo de medo dele. Sei lá o que me deu; não sei se eu estava sonolenta ou perturbada e no final quem corria risco era …

Amigo de verdade

Esta semana eu recebi a visita de um grande e querido amigo da faculdade. Fazia tanto tempo que não conversávamos assim, longamente, quase sem pressa, como se tivéssemos a vida inteira pra por as novidades em dia. Fazia tanto tempo que não nos víamos que ele nem conhecia a Helena. Ele é uma pessoa incrível e difícil de não se gostar.

O Eduardo estava curiosíssimo pra que o amigo da mamãe chegasse logo e acabou indo dormir bem mais tarde pra poder ver o amigo e ficar um pouco com ele. Imediatamente tanto o Edu como a Helena já estavam íntimos e conversando como se o conhecessem de longa data; uma delícia! Fizeram questão que ele fosse dar boa noite na cama e no dia seguinte o Edu me perguntou varias vezes se ele voltaria pra jantar.

Depois que as crianças foram pra cama pudemos voltar pra nossa conversinha e assim ficamos falando, falando, falando até quase 4 horas da manhã. Acho que eu ficaria até amanhecer, de tanta coisa que eu gostaria de conversar mas percebi que ele estava exausto …

Enem 2007

A semana passada sairam as notas do Enem 2007. Que me corrijam os educadores que frequentam este espaço, mas eu acho muito importante a existência do enem. Eu acho que é uma boa maneira de se avaliar o ensino no país e alem de se comparar as escolas entre si, é bom para se avaliar o ensino como um todo.


Tem sido muito interessante olhar as colocações das escolas (pelo menos as mais famosas) e ver que nem sempre as escolas mais tradicionais, mais conhecidas e mais caras são as escolas com o melhor desempenho.


Muitas vezes, nós pais, começamos o planejamento profissional dos nossos filhos quandos eles ainda são muito pequenos e nos esquecemos que entrar na melhor universidade não significa a melhor formação ou sinonimo de sucesso profissional, e principalmente, não significa ser mais feliz.


Como aqui em casa, tanto eu como o Sergio estudamos na USP, nós tomamos muito cuidado para não tornar a entrada em uma universidade pública uma obrigação para as crianças. Queremos sim que eles tenham u…

E-mail da Maria João

Recebi esta semana dois e-mails do consulado respondendo a algumas questões que eu tinha.

- Primeiro eu estava em dúvida se precisava mesmo mandar a cópia do passaporte da Luísa agora ou se poderia mandar em outra ocasião. Segundo a
Renata, a cópia do passaporte da Olivia, filha dela, poderá ser enviada mais tarde, não precisa ser agora com os outros documentos. Pra mim, responderam que eu deveria enviar as cópias do passaporte e certidão de nascimento da Luísa agora. Como só vamos conseguir entregar o pedido do passaporte dia 27/12 e nossos antecedentes ficarão prontos só no dia 04/01, estou tranquila e vamos mandar tudo o mais rápido possivel em janeiro.

- Minha outra dúvida era se eu teria que mandar os antecedentes criminais dos EUA porque ficamos lá quase 6 meses. A resposta foi curta e direta: "Vamos solicitar o atestado criminal dos EUA se ficar claro que a sra ficou por mais de seis meses nos EUA."

É uma bobagem mas a gente fica super inseguro com tudo e eu estava morr…

Por que não te calas?

Depois que o rei da Espanha perguntou ao hugo chaves "Por que não te calas?" muita gente tem se perguntado "Por que o fulano ou o beltrano não se calam também?".

Eu em compensação tenho me perguntado: Por que não me calo?

As vezes eu acho que seria a melhor coisa a fazer, que seria menos estressante para mim e me traria menos dores de cabeça e antipatias gratuitas. Nem bem escrevi falando de pais que querem encontrar doenças nos filhos pra justificar falta de educação e limites e já entrei em discussão na escola sobre TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade).

Eu fico super chateada quando vejo os pais criticando os filhos e colocando neles, os filhos, a culpa por tudo de errado que eles fazem. E como agora existe uma doença que se encaixa perfeitamente no perfil de crianças mal educadas, ficou super fácil.

Não quero aqui dizer que o TDAH não exista; existe sim, é um problema grave e que precisa de diagnóstico correto e tratamento. Imagino que seja um…

Mãe de primeira viagem

Quando a gente tem o segundo, ou como no meu caso, o terceiro filho, tem a sensação de que com a experiência do primeiro já sabemos quase tudo e poucas surpresas nos estão reservadas. Pensando assim eu pude curtir com muito mais tranquilidade o nascimento e primeiros meses da Helena e agora da Luísa.

Mas o Eduardo continua por ai e não parou no tempo. Ao contrário, ele já vai completar 4 anos e cada dia me traz uma nova surpresa e vive me pegando de calça curta.

Este ano ele entrou na febre dos amiguinhos. Pela primeira vez eu vi meu filho sofrendo influências de outras pessoas que não eu ou o Sergio. E ele conheceu os superherois, descobriu que existem bens de consumo e que com dinheiro a gente pode ter qualquer um destes bens aqui em casa. Descobriu que aqueles brinquedos super legais que aparecem na TV podem ser dele e que um monte de coisas que ele nunca viu, existem e seus amigos podem contar a ele como são.

Ele entrou também na febre dos aniversários dos amiguinhos onde têm vária…

Como ser liberal sem ser permissivo

A semana passada, quando cheguei na classe para deixar o Eduardo, presenciei uma cena deprimente: um aluno chorava copiosamente preso no colo da psicóloga. Quando esta o soltou ele partiu pra cima dela tentando agredí-la e acabou sendo preso novamente em seu colo. A professora do Edu ficou visivelmente constrangida e me contou que ele queria salgadinho e estava revoltado porque a mãe não tinha deixado ele levar.

Eu fiquei horrorizada quando vi o menino tentando agredir a psicóloga e não consigo nem imaginar o que eu faria se descobrisse que o Eduardo teve em algum momento um comportamento assim. Pra tranquilizar a professora eu disse que birra e falta de educação têm que ser tratadas daquela maneira mesmo e fui embora.

Outro dia fui conversar com o pai de um menino e o menino ficou dando socos no peito do pai porque precisava "falar com urgência com o pai" e não podia esperar que a nossa conversa acabasse. O que mais me chocou foi que o pai parou de falar comigo pra prestar a…

Alugam-se crianças

Hoje aproveitei o maridão em casa e fomos até a Lapa solicitar os Antecedentes Criminais da Polícia Federal. Estava lotado e eu levei quase 30 minutos na fila pra estacionar. Enquanto isso o Sérgio já entrou com a Helena pra ir vendo como estavam as coisas lá dentro.

Quando enfim consegui estacionar, entrei no prédio e já fui direto pra fila com o Sérgio mas assim que o rapaz viu a Luísa me passou na frente de todo mundo e eu não fiquei lá dentro nem 10 minutos.

Os nossos antecendentes ficarão prontos no dia 04/01/2008, ou seja, só enviarei meus documentos no ano que vem para o Consulado. Mas tudo bem, fiz o que podia.

O legal é que para quem é casado, basta apresentar a certidão de casamento para retirar a certidão do cônjuge. E não esqueçam que o horário para retirada é das 14:00 até as 16:00hs.

O valor do estacionamento é bem salgado pois ficamos menos de 20 minutos estacionados e pagamos R$8,00. Então é bom já ir preparado.

E como diz o título do post: se alguem precisar de uma criança…

A comemoração que acabou em porre

O Sergio não gosta muito de bebidas alcoólicas. Quando nos casamos ele simplesmente abominava e o máximo que aceitava era tomar um golinho de champagne no Natal. Com o tempo ele foi aceitando o conhaque do strogonoff, o vinho branco do risoto, o licor da trufa, mas sempre brincando que tinha ficado embriagado, que estava de ressaca e coisas assim.

Quando recebemos a carta com o pedido de documentos ele me surpreendeu sugerindo que comprássemos uma campagne pra comemorar. Eu até pensei em levar uma garrafa na casa da minha mãe para a tal comemoração mas como por lá ninguem está muito feliz com esta ideia resolvi comemorar por aqui mesmo.

Então fui ao supermercado e pedi uma ajudinha para a atendente e comprei 1 garrafinha de um espumante que ela disse ser muito bom. Comprei uma garrafinha de 200 mL porque nós não costumamos beber muito e eu não queria que sobrasse. Depois que os 3 anjinhos foram pra cama, eu e o Sergio abrimos o tal espumante e tomamos metade da garrafa cada um.

Era real…

O que o Papai Noel tem

Nada como as crianças pra tornarem os nossos momentos de espera (e de estresse) super agradáveis.

Hoje, quando estávamos indo para o poupa tempo eu perguntei ao Eduardo o que ele ia pedir para o Papai Noel e ele:

_ Não sei! Tem que ver o que o Papai Noel tem. Mamãe, telefona pro Papai Noel e pergunta o que ele tem.

_ Mas não dá pra ligar pro Papai Noel. Tem que escrever uma carta pra ele ou perguntar quando ele estiver no shopping.

E fiquei imaginando a conversa do Papai Noel do shopping com o Eduardo:

_ Ho ho ho, o que você vai querer que eu te traga no Natal?

_ O que vc tem lá no Polo Norte pra eu escolher?

Papai Noel de Shopping deve sofre muito!!!

Meu vestido inesquecível

Eu adoro vestidos apesar de usar muito mais jeans e camiseta. Um vestido bem escolhido consegue esconder imperfeições, criar volumes onde estes faltam, disfarçar o volume a mais, enfim, valorizar qualquer corpo. Alem do que não existe nenhuma peça tão feminina quanto um vestido.

Hoje eu estava comentando com minha irmã sobre um vestido que mesmo não sendo o que mais gostei na vida; que mesmo não valorizando o meu corpinho estilo táboa (hoje táboa com barriga); mesmo não combinando com meu jeitinho tímido de ser, foi sem dúvida alguma inesquecível.

Usei este vestido apenas uma vez na inauguração de uma agência de turismo, onde uma amiga era gerente. Até hoje não sei como tive coragem.

Era um vestido tomara-que-caia (totalmente
proibido aqui em casa esta semana), bem justinho até a cintura e com uma saia bem rodada, curtinha e armada com várias sainhas de tuli. Um modelito bem simples que minha mãe fez de um dia para o outro. E seria um vestidinho quase comum se não fosse preto mas todo es…

Amigos virtuais que não podem ser deletados

Eu adoro o Orkut. É um lugar onde vc reencontra velhos amigos, recebe notícias deles e pode mandar noticias suas. E mesmo quando está sem tempo dá pra mandar um scrap, dizer um olá e até saber as últimas fofoquinhas da vida alheia.

No geral, meus amigos do orkut são todos reais e não costumo adicionar pessoas que não conheço só porque fazemos parte da mesma comunidade ou porque ela quer ganhar o prêmio de Maior Adicionador de Amigos do Orkut. Eu até tenho alguns amigos virtuais, mas antes de adicioná-los à minha lista nós conversamos muito por scrap, por mensagens, atraves do blog e então, com algumas coisas em comum e uma simpatia mutua acabamos decidindo que poderiamos ser amigos no orkut tambem.

Mas de vez em quando, alguem acessa o seu perfil através da comunidade onde vc fez o maternal e descobre que vc é a irmã da amiga da tia do primo do ex-namorado da melhor amiga da sua irmã e que ela estudou no mesmo maternal 50 anos antes de você; quase estudaram juntas!!! Com tanta familia…

Tomara-que-caia

O Sergio sempre foi um maridinho super liberal, mas agora, depois de quase 7 anos de casamento resolveu controlar o que eu visto e me proibiu de usar tomara-que-caia.

Será que é por ser corinthiano????


Não vejo motivo pra isso já que de segunda divisão eu entendo. Sou palmeirense e posso garantir que não é um caminho sem volta. Sem contar que quando consegue voltar traz de lambuja um título (para o Palmeiras foi muito bom porque pelo menos ele pode dizer que ganhou alguma coisa).


Mas brincadeiras a parte, quando chega nesta época de definições do campeonato todos os apaixonados por futebol ficam acompanhando cada lance pra saber a quantas anda o seu time, e claro, os outros times já que todo time ruim depende de alguem. Todo mundo fazendo continha pra saber se seu time cai ou se vai pra libertadores.

E então, em pleno domingão, com um pedido de documentos fresquinho nos chamando ao trabalho, eu encontro meu maridão na frente do computador com um incrível
Simulador de Classificação. Vc vai…

Quem espera sempre alcança... ou desiste

Antes que eu desistisse o nosso pedido de documentos enfim chegou hoje, dia 01 de novembro, conhecido como dia de todos os santos. É claro que foi de forma inusitada!!!

Depois de ter sido aconselhada pelo meu marido a não ficar mais esperando que o carteiro passasse, mesmo olhando pra caixa de correio o dia todo (fica na direção do meu computador, não tem jeito de não olhar) eu resolvi não mais abri-la toda vez que saio na garagem.

Mas agora a tarde, as crianças estavam brincando na garagem quando eu vejo o carteiro falando pro Edu:

- Entrega para a mamãe.

Achei super estranho porque ele jamais fez isso. Será que não teve oportunidade??? Pode ser!!!! Quando o Eduardo entrou na sala com aquele envelope tão conhecido de todos eu já sabia: nossa vez tinha chegado!!! E hoje mesmo eu falei pra
Renata que estava desanimada e ela me tranquilizou dizendo que já ia chegar. Ainda bem que mesmo desanimada eu não tomei nenhuma atitude extrema, risos.

Agora é preparar toda a papelada e mandar estes doc…