Skip to main content

O perigoso maníaco

Eu e o Sergio estávamos nos lembrando ontem de um episódio que por pouco não deu um fim no nosso casamento ainda no primeiro mês.

De vez em quando eu tenho alguns sonhos não muito bons que me deixam morrendo de medo mesmo depois de ter acordado. Quando criança eu sempre pedia pra minha irmã segurar a minha mão ou pra ir pra cama dela e agora, quem me protege é o Sergio.

Mas certa vez, pouco depois de termos voltado da nossa lua de mel, enquanto o Sergio tomava banho e se preparava pra dormir, eu, deitada na minha cama, comecei pensar bobagens: e se o Sergio fosse uma maníaco? E se ele me atacasse no meio da noite enquanto eu dormia (depois de mais de um mês dormindo juntos!!!)? Enquanto ele tranquilamente tomava seu banho eu fui ficando desesperada com aquela ídéia absurda mas que pra mim parecia muito possível.

Até que o banho acabou e o Sergio veio se deitar e eu morrendo de medo dele. Sei lá o que me deu; não sei se eu estava sonolenta ou perturbada e no final quem corria risco era ele, risos. Só sei que naquele desespero de alguma coisa acontecer ao mesmo tempo que eu queria fugir eu não queria que ele saísse de perto de mim.

Não preciso dizer que ele ficou furioso com aquele absurdo e demorou pra ele esquecer aquela noite. De vez em quando ele ainda me pergunta se ele não seria um perigoso maníano.