Skip to main content

Icterícia neonatal

É muito comum os bebês terem icterícia logo ao nascer e como ela se resolve sozinha na maioria dos casos todo mundo trata como se fosse uma doença bobinha que não causa mal algum. Eu pensava assim também até chegar na primeira consulta do pediatra com a Luísa e perceber a indisfarsável preocupação do médico ao ver a cor dela. Saímos do cunsultório direto para o Hospital onde a Luísa ficou internada por dois dias tomando banho de luz.

Isso já foi há 6 meses e eu teria esquecido se não tivesse acontecido a mesma coisa com uma amiga minha. Após a alta o filho dela não estava mamando (por outros motivos) e ela o levou à maternidade alguns dias depois. Quando o médico viu a criança pediu dosagem de bilirrubina onde foi constatado que o nivel já estava em 19 mg/dl (um valor bastante alto para um bebê recem nascido) e o bebê ficou internado dois dias fazendo fototerapia.

Então eu fiquei me lembrando de quando a Luísa nasceu e a pediatra do hospital ligou no meu quarto para perguntar se eu já estava liberada. O Sergio até discutiu um pouco com ela querendo saber se o bebê estava liberado, qual o grau de icterícia que ela estava e se ela poderia mesmo ir pra casa. No final, ficou meio claro que a médica liberou a Luísa porque meu médico já tinha me dado alta. Parece até que estávamos adivinhando o que ia acontecer.

O que hj eu me pergunto é sobre a responsabilidade dos hospitais quando liberam os bebês acreditando que a ictericia irá se resolver sozinha, sem dar nenhuma orientação aos pais dos riscos da ictericia. Altas concentrações de bilirrubina no sangue podem provocar problemas serios e eu acredito que atualmente seja muito mais comum os bebês desenvolverem a ictericia neonatal ja que o numero de prematuros é bem maior.

Até hoje eu me pergunto se todo stress pelo qual passamos e se o risco que corremos (a bilirrubina da Luisa chegou a 15 mg/dl) não teriam sido evitados se a maternidade tivesse mantido a Luísa internada mais um dia, ainda que eu tivesse que ir embora sem ela.