Skip to main content

Sacolas retornáveis

Nestas épocas de grandes preocupações ecológicas as sacolinhas retornáveis são muito bem vindas. Ainda não aderi a elas porque costumo fazer compras grandes e não consegui pensar em como embalar tudo aquilo em sacolas retornáveis.

Mas pensando na minha infância e nas idas ao supermercado aos sábados junto com meus pais, eu me lembro daquelas sacolas de feira, como chamávamos, que a gente carregava de dois a dois, um em cada alça e elas bastavam. Talvez bastassem porque as compras eram bem menores, as opções eram menores também e o dinheiro era mais curto.

Naquela época as sacolinhas ficariam em casa sem utilidade nenhuma porque o lixo era colocado diretamente naquelas latas de tinta de 18 litros e estas também eram retornáveis. Pra quem não viveu a época, o lixeiro virava a lata no caminhão e depois a deixava vazia no portão. Tinha gente que possuia mais de uma.

Hoje é meio complicado imaginar o lixo em uma lata sem o saquinho. Pelo menos aqui em casa em todas as lixeiras (banheiro, pia da cozinha, computador) sempre tem uma sacolinha a qual será colocada em um saco de lixo de 100L.

Eu vivo pensando em uma alternativa ecológica pra esse esquema mas ainda não consegui pensar em nada interessante. Para ajudar um pouco eu tento separar o lixo que pode ser reciclado, mas até este é colocado em saco plástico antes de ser mandado para o caminhão da coleta seletiva.