Skip to main content

Intuição? Sexto sentido? Coração de mãe? Mania de doença?

Será que a pessoa que vê doença nos outros também é hipocondríaca??? Pois esta semana estava me sentindo assim. Levei os três para consultas de rotina no pediatra na segunda feira. Descobri que a Helena estava com bronquilite (já estava desconfiada) e que a Luísa estava com uma gripe forte (já sabia e precisava medicá-la); pra completar o médico passou um descongestionante pro Edu porque já estava com uma tossinha esquisita.

Com um monte de receitas médicas nas mãos voltei pra casa "contente", até porque já tinha todos os medicamentos na minha "farmacinha particular": Predsim pra Helena e Luísa (1 x ao dia), Decongex Plus pro Eduardo (3 x ao dia), inalação pra Helena com Berotec e Atrovent (4 x ao dia) e só com soro para a Luísa (4 x ao dia) e soro no nariz da Luísa antes das mamadas.

Na terça fiquei desconfiada que a Luísa estava cansadinha e o pediatra mandou levá-la ao Hospital. O médico fez uma inalação pra me deixar alegrinha e nos mandou embora.

Na quarta liguei de novo pro pediatra e lá fui eu pro hospital com a Luísa. Desta vez nem inalação e segundo o médico que me atendeu estava tudo bem.

Dei uma folga pra todo mundo na quinta mas na sexta fiquei preocupada de novo. Alguma coisa não estava bem: a Luísa dormiu muito e quando estava acordada eu percebia que ela não estava normal. Não sei explicar o que acontecia mas alguma coisa me dizia que ela tinha que ser vista por um médico. Liguei pro coitado do pediatra e mesmo achando que ela estava bem ele me aconselhou a levá-la para o Hospital já que ele estava viajando.

Batata!!! Ela estava com otite. É claro que nenhuma mãe fica feliz de ver a filhinha de 7 meses com otite e tomando antibiotico, mas estou feliz por ter confiado na minha cisma e ter insistido mesmo que todo mundo tenha me achado exagerada e insegura. Eu fico imaginando se eu não tivesse confiado em mim como eu não estaria chateada pelo sofrimento da Luísa com dor de ouvido. A infecção foi detectada antes que ela sentisse dor e agora ela está sendo devidamente medicada e já está bem melhor.

Tudo bem que agora tenho mais esta tarefa no meu cronograma: antibiótico de 12 em 12 horas.