Skip to main content

Perdi meu coração de ouro...

... e a correntinha em que ele estava preso.

Fui fazer alguns exames e dentre eles uma tomografia da face porque tenho tido muitas sinusites de repetição e o médico diagnosticou um desvio de septo. Tirei a corrente, fechei para o pingente não cair e coloquei sobre minha bolsa.

O pior é que na hora que coloquei sobre a bolsa eu pensei: só falta esquecer que a corrente esta sobre a bolsa e deixa-la cair. Não deu outra, quando me lembrei já estava voltando pra casa; ou melhor, estava perdida tentando voltar pra casa.

Voltei para o Hospital chorando, parecia uma doida, só que estava perdida e demorei pra encontrar o caminho de volta para o Hospital. Quando enfim consegui chegar a recepcionista do setor de tomografia pediu para um funcionário procurar mas ele não encontrou.

Apesar de ser de ouro, o que mais me chateou foi ter perdido a correntinha que minha mãe me deu de presente quando completei 18 anos. Em todos estes anos eu a tirei algumas vezes apenas (casamento, partos, tintura de cabelo) e o costume de usa-la é tanto que fico toda hora passando a mão no pescoço; estou sempre com aquela sensação de que falta alguma coisa.

Alem de ter perdido a corrente com o pingentinho de coração com a letra M ainda morri com R$8,00 de estacionamento. Eu tinha ficado super feliz porque quando se faz exames neste Hospital vc não paga o estacionamento, mas como tive que voltar não consegui o abono e nem minha correntinha de volta. Uma pena!!!

PS: Fiz varios exames de rotina e entre eles uma ultrassonografia. Durante este exame o medico e eu conversamos muito sobre filhos, violencia, bla bla bla até falarmos sobre o Canadá. Então eu falei por alto do processo e que chegariamos no canada sem emprego e tal e falei que depois de um tempo morando lá vc consegue até a cidadania canadense e ele me fala:

- Nossa, mas eles dão a cidadania pra ilegal também???

Quase morri de rir!!! Então expliquei que não estávamos indo ilegalmente. Que era um processo de imigraçao feito pelo governo do canada e que eu iria como residente permanente, que poderia trabalhar, estudar, usar o sistema da saude, etc etc...

- Ahhh bom!!! Foi o que ele disse.