Skip to main content

Posts

Showing posts from March, 2009

Morando "de aluguel" pela primeira vez

Morar "de aluguel" é sem dúvida uma das grandes experiências que estamos tendo aqui no Canadá. Eu e o Sergio, apesar da infância pobre, sempre tivemos casa própria e quando nos casamos fomos morar em uma casa que a familia dele já tinha há muito tempo e que ficou fechada por anos. Alem disso nós reformamos a casa inteira e nos mudamos com tudo novinho.

O primeiro contato com aluguel foi chegar em uma casa que queríamos alugar e encontrar os antigos inquilinos ainda lá dentro. O Real Estate foi entrando e mostrando a casa enquanto a mocinha tentava esconder as bagunças. Quando chegamos na cozinha o cara comentou que ela era toda equipada e que o fogão seria limpo antes de mudarmos (porque estava muuuuuito sujo e não tinha como não reparar). A mocinha e eu ficamos super constrangidas.

Então a semana passada foi a minha vez de ser vidraça. O nosso landlord chegou aqui em casa sem aviso nenhum, bem na hora do cochilinho da tarde: eu e as crianças deitados no sofá. Pelo menos a cas…

Começando a se adaptar

Muitas coisas são estranhas por aqui e a gente tem que se acostumar com elas. O chuveiro na banheira e a casa sem um único ralo é uma delas. É muito estranho imaginar que ninguém joga água no banheiro para lavá-lo. Talvez com o tempo eu ache normal mas por enquanto acho esquisito.
Ir ao supermercado e ter que comprar tudo em frascos de 2L é outra coisa que não gosto muito. Suco, leite, produtos de limpeza; não tem essa de comprar um pequeno só pra experimentar. Geralmente tudo esta em tamanho grande ou enorme.
Mas está sendo facil se adaptar às múltiplas opções. Dificilmente vc encontra apenas uma marca daquilo que precisa e para algumas coisas as opções te deixam totalmente confusa. Neste primeiro momento em que vou ao supermercado com uma certa pressa e a familia inteira a tira-colo tenho optado pelas marcas que já conheço ou que alguém indicou em algum lugar, assim a chance de errar é menor.
Ainda assim, comprei uma deliciosa macarronada pronta porque já estava tarde para preparar al…

Quem casa quer casa...

... e quem imigra precisa de um endereço fixo!!!
Em primeiro lugar quero agradecer muito o carinho de todos vcs. É muito bom saber que tem tanta gente mentalizando para que as nossas coisas dêm certo. Não deu pra pedir ajuda pra todo mundo que ofereceu porque as coisas não foram tão dificeis assim... mas já deixei anotado o nome de todo mundo e vou dividir o trabalho entre todos pra não sobrecarregar ninguem.
De qualquer forma: muito obrigada por tudo!
Os primeiros dias foram gastos procurando onde morar. É meio decepcionante ter dinheiro e nao ter crédito. Vc encontra o que quer, aceita pagar o que o dono pede, todos parecem estar satisfeitos até o momento de dizer que somos recem chegados e nao temos emprego. A recusa vinha educadamente, com uma desculpa qualquer e a promessa de uma ligação futura mas na verdade rapidinho nós entendemos que a tarefa ia ser cansativa.
Conseguimos então alguns anúncios no Brasil News e encontramos um basement em Toronto, em um bairro maravilhos, com um …

Sim, nós já estamos no Canadá

Apesar de São Paulo e São Pedro tramarem contra nossa ida nós conseguimos chegar no aeroporto a tempo. Na radio sul américa transito as notícias eram as piores possiveis, mas o encaixe do quebra cabeça já estava pronto e nem a chuva que inundou São Paulo neste dia 17 de março conseguiu nos segurar.


Foram 7 malas despachadas e mais 5 maletinhas de mão, sem contar as 3 malinhas sem alça (Edu, Helena e Luisa). O voo foi bem tranquilo, as crianças dormiram quase o tempo todo e quando estavam acordados se distrairam bastante assistindo desenho EM INGLÊS!!! Tivemos muita sorte pois o avião não estava lotado e conseguimos duas fileiras com três assentos cada uma, o que facilitou muito a acomodação das crianças. Eu e o Sergio passamos a noite nos revezando e foi uma troca-troca de lugares a noite toda que acabamos não dormindo nem um pouquinho.


A passagem pela imigração também foi super tranquila e a fila estava pequena. Tivemos muita sorte porque depois que fomos chamados a fila cresceu muito…