Skip to main content

Escolas em Ontário


Aproveitando a pergunta da Flavia nos comentários, vou tentar explicar como funciona a escolha da escola por aqui.

Não sei se no Canadá inteiro funciona da mesma maneira, mas aqui em Ontário a escola atende uma determinada região próxima a ela. Em Mississauga vc liga para o PEEL School Board, passa seu endereço e eles te falam qual a escola pública a que vc tem direito.

Em Toronto a coisa é ainda mais simples. No próprio site da Toronto School Board tem as ruas que pertencem a cada escola. A pesquisa pode ser feita de duas maneiras: se vc digitar o nome da sua rua aparece qual escola pertence àquele endereço; se vc for pelo nome da escola aparecerão todas as ruas que pertencem a ela. Todas as crianças de uma determinada região têm vaga garantida na escola pública desta região.

Uma alternativa à escola pública são as escolas católicas. Em Toronto a criança tem que ser batizada na igreja católica para ser aceita. Eles também podem aceitar crianças não batizadas desde que os pais sejam católicos. Em ambos os casos os pais devem residir em Toronto e a aceitação vai depender das vagas disponíveis. Crianças não católicas de pais não católicos não são aceitas na escola "elementar".

No nível secundário as escolas católicas são abertas a todos alunos residentes em Toronto. E aqui em Ontário as escolas católicas são gratuitas, diferente de outras províncias do Canadá.

Em Mississauga parece funcionar mais ou menos do mesmo jeito.

Existe também a possibilidade de conseguir uma transferência para uma escola de outra região que não a sua, mas a transferência vai ocorrer em função da existência de vagas. No site da School Board de Toronto aparece a disponibilidade de cada escola para este tipo de transferência. Se existirem vagas disponíveis e não forem suficientes para o número de interessados, estas vagas são sorteadas entre eles.

Enfim, pra tudo sempre existe uma alternativa só temos que procurar as informações nos lugares certos. O que tem me animado é que aparentemente o jeitinho brasileiro não tem muito espaço por aqui; aparentemente!