Skip to main content

Festas de aniversário


No final de semana passado nós fomos em dois aniversários em buffet canadense. Os convidados eram quase todos brasileiros, rs, mas a festinha foi canadense, rs.


A princípio a gente torce o nariz porque o diferente sempre incomoda, mas depois, pensando com calma não deixa de ser interessante e o principal: as crianças sempre se divertem muito.


Acho que nós, brasileiros, estamos acostumados com aquele estilo "festa para a familia". As nossas festas sempre são feitas pensando em agradar a todo mundo que está na festa, então quando organizamos uma festa infantil pensamos nas brincadeiras para as crianças e nas coisas que vão agradar os adultos (comida, bebida, música, dança). E muitas vezes a festa infantil privilegia o divertimento somente dos adultos e as crianças ficam correndo de um lado pro outro sem ter muito o que fazer.


O que percebi nas festas aqui é que a preocupação é com as crianças. Nos buffets não tem nada para adulto e além de termos que tirar os sapatos (praxe por aqui) ainda tem alguns cartazes falando que não podemos usar os brinquedos (parece obvio mas não o é pra todo mundo, né?).


Nos buffets brasileiros as coisas são mais soltas, os convidados ficam mais à vontade e o dono da festa tem mais mobilidade para decidir as coisas. Vc pode comer em qualquer lugar do salão e "os comes e bebes" ficam sendo servidos o tempo todo.


Aqui as coisas são mais fechadinhas: tudo cheio de regrinhas, cartazes explicando o que pode e não pode fazer. As crianças não podem comer em qualquer lugar, a comida é servida em um determinado momento e quem comeu, comeu porque em seguida eles levam embora, rs.


Outra coisa diferente é que não se bate palmas nos parabéns. Como os aniversários eram de brasileirinhos, teve o estilo canadense e depois o nosso parabéns bem mais alegre e festivo.


Mas o meu termômetro foram as crianças: eles saíram das duas festas super alegres, adoraram tudo, se divertiram muito e o Eduardo já começou a convidar algumas pessoas para o aniversário dele que, segundo ele será em um dos buffets que nos fomos, rs.


Conclusão: aqui festa infantil é para criança e adulto serve apenas para cuidar dos próprios filhos (mas será que não deveria ser sempre assim???).


Pra ser sincera eu só achei que o tempo é muito curto: 2 horas. Talvez as 4 horas dos buffets brasileiros seja um exagero, mas pelo menos 3 horas de duração seria melhor.