Skip to main content

Regras e mudanças de habito


O Canadá é o país das regrinhas: pra tudo existe uma regra que deve ser seguida e o que mais impressiona é que geralmente as pessoas seguem mesmo!!!


Aqui em Toronto as pessoas não separam o lixo porque têm consciência ecológica ou se preocupam com o futuro da humanidade. Muitas até o fazem por consciência mas na verdade somos obrigados a separar o lixo. Os proprietários pagam uma taxa pelo lixo que produzem e se a prefeitura de alguma forma perceber que vc está produzindo mais lixo do que o que paga, eles aumentam a sua taxa. Da mesma forma se vc colocar lixo no lugar errado, não fizer a separação correta e/ou colocar coisas proibidas no lixo vc é multado e pode inclusive ser excluido do serviço de coleta. O seu lixo tem que caber no container destinado a ele e se vc tiver excesso daquele tipo de lixo tem que colocar uma etiqueta fechando o saco para mostrar que é lixo em excesso. Detalhe: uma cartela com 5 etiquetas custam em torno de $15.00.


No início é meio chatinho ficar separando tudo, até porque algumas regras são meio "estranhas", mas com o tempo as coisas ficam meio lógicas e entram no automático. Hoje eu quase nem paro pensar onde tenho que jogar o que.


Outra lei que temos em Toronto é referente às sacolinhas de supermercado. Os supermercados não podem mais fornecer sacolinhas de graça e então pagamos 5 centavos por cada sacolinha plástica que utilizarmos. É claro que a maioria das pessoas acaba não usando as ditas cujas. O NO FRILLS geralmente deixa caixas de papelão perto dos caixas para usarmos após as compras e todos têm sacolinhas recicláveis para vender. Nós compramos duas cestas para deixar no carro e no dia das compras usa-las para colocar tudo. E aos poucos estou pegando o hábito de levar minha sacolinha reciclável personalisada (ganhei do Edu no dia das mães do ano passado, rs) pra todo lado.


As placas de STOP também são incríveis!!! Todo mundo está tão condicionado que realmente pára quando vê a placa. São poucos os motoristas aqui em Etobicoke que não respeitam o STOP (tem que parar completamente) e o Right of the way (dar a preferência para quem chegou primeiro no cruzamento).


E a velocidade? As vezes as ruas são largas, sem movimento algum, planas e perfeitamente asfaltadas e temos que andar a 40Km/h. Em Etobicoke temos muitas destas e todo mundo respeita. Sem contar que os pedestres sempre têm a preferência e o pessoal não se inibe: atravessam a rua sem sequer olhar para o lado.


É impressionante como vamos nos acostumando com as coisas e após um mês em Toronto e quase 5 de Canadá eu já faço estas coisas automaticamente. Aqui eu faço as coisas sem me sentir obrigada porque sei que de alguma forma estou realmente cooperando para o bem comum e sei que muitas outras pessoas estão cooperando também.


Esses dias fomos ao parque e vimos que um brinquedo estava quebrado. Em um dos brinquedos tem um telefone para solicitar consertos e pelo jeito a coisa funciona super bem porque dias depois nós voltamos lá e o brinquedo já estava consertado. A conservação deste parque é feita pelos próprios frequentadores que mais ou menos uma vez por semana fazem um mutirão para limpar tudo. Não dá vontade de participar? E mais vontade ainda de conservar o que os outros estão fazendo.


Neste ciclo, o governo está fazendo a parte dele, os cidadãos fazendo a parte deles e todo mundo usufruindo de um parque organizado e um bairro limpo; e LINDO diga-se de passagem!!!