Skip to main content

Apresentação do Eduardo


O Edu chegou em casa todo animado hoje à tarde. A professora disse que a apresentação foi muito boa e que ele se saiu muito bem. É claro que ela o ajudou na leitura do livro e provavelmente na explicação das coisas que ele levou. Sem contar que ele tem a amiguinha brasileira que faz algumas traduções para ele, rs.

Eu fiz uma colagem com algumas fotos dele desde a maternidade até a nossa vinda para o Canadá. Também mandei um cartão que os amiguinhos da escola do Brasil fizeram pra ele com uma foto de toda a turma e da professora Renata, que é um amor.

Quando cada um deles nasceu eu montei uma pastinha com várias coisinhas que vou guardando como a vela do batismo, a primeira chupeta, o primeiro cabelinho que cortei, a primeira escova de dentes e todas as velinhas dos aniversários; até os testes de gravidez que fiz em casa estão na pastinha, rs. Deixei que ele escolhesse o que queria levar e ele levou o cabelinho, a escova de dentes e a velinha do primeiro aniversário.

Quando perguntei se ele queria levar a primeira chupeta também (o primeiro amor da vida dele, rs), ele pensou um pouquinho e depois disse:

- Hummm, acho melhor não!!!

Tambem mandei uma foto da nossa família (que está ilustrando o post) e lá foi ele todo animado.

Confesso que passei o dia pensando nele, porque eu fico muito nervosa quando tenho que fazer algum tipo de apresentação. Mas se deus quiser ele vai ser bem diferente de mim.

O fato é que estamos muito orgulhosos do nosso menino. Eu fico impressionada com a coragem que ele tem de chegar em uma escola sem conhecer ninguem, sem falar o idioma e, em menos de 2 meses já fez uma apresentação, leu um livro para a turma e já entende tranquilamente o que a professora diz. E sempre assim: como se fosse a coisa mais natural do mundo, na maior alegria e animação!

PS: Ma obrigada pelo elogio mas nunca pensei em ser escritora. Vou pensar no assunto, rs. Mas como sou meio perfeccionista com o que escrevo, acho que só conseguiria escrever um único livro e, com publicação póstuma, rs.