Skip to main content

"Eu pegaria as crianças"

Não tem nada melhor do que sair de casa. O Sergio está fazendo um curso de biotecnologia na Universidade de Toronto e está sendo muito legal. Primeiro porque a U of T, como é "carinhosamente" chamada por aqui, reconheceu o diploma dele. Segundo porque o curso é gratuito e a seleção foi bem rigorosa. Mas talvez o principal motivo seja o fator emocional: é super bom saber que vc está fazendo alguma coisa de verdade, que realmente vai te trazer algum conhecimento ou pelo menos um network.

Neste curso o Sergio tem conhecido muita gente interessante e cada dia ele chega aqui com uma história diferente. Hoje, uma indiana que mora aqui pertinho de casa estava contando pra ele que em janeiro do ano passado o predio dela pegou fogo. Os bombeiros não estava conseguindo controlar o incêndio e mandou todo mundo descer.

O detalhe é que a sensação térmica do lado de fora era de -30 e eles ficaram quase uma hora na rua, esperando os bombeiros apagarem o incêndio. E o pior de tudo foi que na correria, todo mundo saiu apenas com um casaco e sem grandes proteções para o resto do corpo.

E nós ficamos aqui imaginando a ansiedade daquelas pessoas, ali, paradas, sem poder fazer nada e correndo o risco de perder tudo, ou seja, o pouco que têm: os documentos, as fotos, os moveis...

" O que vc pegaria, Lena?"
"Eu acho que pegaria o computador."
"Eu pegaria as crianças!"

Depois dessa é melhor não falar mais nada!!!