Skip to main content

O acaso cruzando o nosso caminho


O Sergio estava lendo o jornal no dia 29 de dezembro e viu uma reportagem sobre um atendimento médico que seria um "intermediário" entre os hospitais e as walk in clinics. Este tipo de centro seria mais ou menos um Pronto Socorro onde eles fazem exames, estabilizam pacientes em condições críticas e atendem pequenas emergências mas não fazem internação. Em casos graves eles transferem o paciente para um Hospital. Na reportagem eles comentavam sobre o Trillium Health Centre que fica aqui pertinho de casa e que está sempre vazio porque as pessoas desconhecem este tipo de centro.

Nós até passamos em frente no dia 30 e vimos alí uma boa opção às walk in clinics, que na minha opinião só servem quando vc tem certeza do que vc tem e precisa de uma prescrição.

No dia 31 eu amanheci com uma dor horrivel no globo ocular. Fiquei apavorada porque na semana anterior eu já tinha sentido alguma coisa mas achei que fosse sinusite (que sempre tenho) e na walk in clinic que eu fui a médica teimou que eu tinha dor de cabeça. Eu até tomei o antiiflamatorio que ela receitou e que resolveu por uns dias, mas eu não confiei no diagnostico dela.

Na hora que eu falei pro Sergio que queria ir ao médico, nós dois nos lembramos do tal centro e fomos pra lá. Eu ainda estava em dúvida se realmente eles atenderiam o meu caso e já fui me preparando para pegar um taxis para ir pra outro lugar uma vez que o Sergio voltou pra casa com as crianças.

E não é que quando eu estava entrando eu vejo entrando também uma funcionária da escola do Edu com o marido? O Sergio achou que não era ela, mas ainda assim eu fui correndo atras deles e puxei conversa. Quando ela me viu já veio me abraçar e me apresentou para o marido: "está é a mãe do Eduardo".

Foi simplesmente maravilhoso te-la encontrado. Ela já me explicou como funcionava, entrou e já pegou uma senha pra ela e outra pra mim. Depois conversou com o marido e me disse: "se sairmos juntos eu te levo até sua casa".

Ela estava com uma inflamação em um dente e com o rosto todo inchado; e como eu estava com problema no olho acabamos sendo atendidas pelo mesmo médico em uma salinha com o nome "olhos, nariz, ouvido e garganta".

Ficamos mais ou menos 1 hora e meia no total e o atendimento foi super bom. O local é bem limpo e organizado e com uma aparência muito melhor do que a da maioria das walk in clinics que já fomos aqui. O médico mediu a pressão ocular, fez alguns testes e me passou um colirio. Segundo ele, eu estava com alguma inflamação no olho mas pelo teste de pH não tinha infecção. Vou ter que ficar sem lentes por 7 dias (horrivel, me sinto uma estupida de óculos porque perco a noção de espaço, rs) e já estou bem melhor.

O médico já aproveitou e perguntou se eu tenho médico de familia e já me deu o nome e endereço dele, caso eu me interesse, rs.

Gostei muito de mais esta alternativa para as emergências. E o melhor: a dez minutinhos aqui de casa. Como saímos juntos, a simpática funcionária da escola ainda me trouxe até em casa.