Skip to main content

Toronto é mesmo uma das melhores cidades pra se morar????

Já faz exatamente 1 mês que eu li uma reportagem no Terra Turismo falando sobre Toronto. Segundo a reportagem, os canadenses chamam a cidade de pequena New York; eu diria que aqui é a New York canadense. Eu amo New York, mas acho que morar em Toronto é ainda melhor (até porque eu não tenho outra opção, rs).

Eu particularmente gosto muito desta dualidade que Toronto tem. Em alguns pontos da cidade temos o movimento, o trânsito, as pessoas andando apressadas pelas ruas, o barulho, a poluição, mas é tudo tão controlado que as vezes fica engraçado.

Por outro lado, alguns bairros parecem aquelas cidadezinhas do interior de São Paulo: sabe aquelas senhorinhas indo no supermercado de manhã, as pessoas caminhando calmamente pelas calçadas, as mulheres levando seus filhos nos parquinhos e uma sensação de que nada de ruim pode acontecer.

Quando eu cheguei ao Canadá, apesar de tudo o que li, tudo o que "estudei" e tentei me informar, eu tive varias surpresas, agradaveis e desagradaveis. Confesso que me decepcionei profundamente com Mississauga, que eu imaginava ser uma cidade pequena perto da Metrópole. Hoje eu descobri que esta cidade pequena seria talvez Milton, talvez Oakville, mas nunca Mississauga, rs.

Também me decepcionei com esta ideia de uma cidade voltada para atrair imigrantes e com todos os problemas que isso pode trazer para ela. E então comecei a passear por Toronto e acabei me surpreendendo demais com esta cidade. Por sorte as coisas se encaixaram e eu encontrei um bairro que reproduz exatamente o que eu sonhava encontrar aqui no Canadá (obrigada pela dica Camila).

Eu moro em um bairro residencial, em uma cidade que foi anexada a Toronto há poucos anos atrás. Se por um lado pertencemos a Toronto e podemos usufruir de tudo o que a cidade oferece, por outro temos alguns resquícios do tempo em que éramos um município separado. Um bom exemplo foi na longa greve dos lixeiros de Toronto, em que não tivemos problemas com a coleta porque o serviço de coleta de Etobicoke ainda é separado.

O bairro onde eu moro também tem a grande vantagem de ficar bem na borda da cidade de Mississauga. Tudo bem que eu não gosto de Mississauga pra morar, mas não posso negar que a cidade tem bons centros comerciais, muitas vezes mais próximo da minha casa do que os de Toronto; e muitas vezes com preços mais baixos em algumas lojas, rs. O fato é que eu aproveito o que a cidade tem de bom sem ter que conviver com o que eu não gosto de lá.

O grande problema do bairro onde moro é que sem carro e com crianças as coisas são meio complicadas. O Sergio até anda bastante de ônibus, consegue fazer quase tudo caminhando ou de transporte coletivo, mas com as crianças e o frio é meio complicado. Agora, com um carrinho na garagem, eu acho que não existe lugar melhor pra minha família, rs. Estamos super satisfeitos com a vizinhança, com a escola e com todas as possibilidades que temos encontrado por aqui.

Quanto ao resto da cidade, eu ainda estou em lua de mel (ando meio decepcionada com o Canadá e algumas políticas que ele vem adotando, rs) mas Toronto é a minha grande paixão por aqui. Tenho encontrado cantinhos escondidos, lojinhas super legais de tudo quanto é coisa. E fora o "chocolate do padre", que não tem em lugar nenhum (e eu mantenho meu estoque com os amigos que vão para o Brasil - Elaine e Renata, rs), eu encontro de tudo por aqui. 

Há algumas semanas eu saí atrás de lã para fazer tricot (eu amo fazer tricot) e encontrei uns lugares maravilhosos com tantas opções que precisei estudar um pouco em casa antes de poder pensar em comprar.

O Toronto Fun é outra coisa super legal que a cidade oferece aos residentes, mas que os visitantes também podem aproveitar apesar de ser um pouco mais caro. Todo final de estação eles disponibilizam na internet e nos "centros comunitarios" a programação de esportes que a cidade vai oferecer. Tem muitas opções para todas as idades e os preços são muito bons. Minhas crianças estão adorando e já estão fazendo planos para a próxima temporada.

As opções de lazer são infinitinas e em todo lugar vc encontra coisas para fazer em qualquer estação do ano. Aqui pertinho de casa, no Centennial Park tem uma pista de Sky que eles mantem funcionando durante todo o inverno, mesmo quando a neve não vem (usam neve artificial). Lá vc pode alugar os equipamentos e treinar porque a descida é bem tranquila. Com crianças vc pode aproveitar os morrinhos do parque. Nós compramos tres "pranchas" (não sei como traduzir) para as crianças e eles passam horas descendo os morros cobertos de neve (quando tem neve porque nesta cidade não neva, rs). E ainda tem as pistas de patinação espalhadas pela cidade inteira. E o mais interessante: as pessoas se inscrevem e participam. Dificilmente alguem falta às atividades independente das condições do tempo.

Se a cidade tem problemas??? Claro que tem: imaginem que o ano passado em torno de 60 pessoas foram assassinadas por aqui e os moradores estão apavorados com a expansão da violência. Infelizmente ela está aumentando mesmo. Mas por enquanto as pessoas não estão anestesiadas e parece que estão tentando fazer alguma coisa.

PS: Só por curiosidade eu coloquei aqui um mapinha da violência em Toronto por região.