February 02, 2010

Vou estar sempre do seu lado; gritando!

Eu tenho grande dificuldade com direita e esquerda. Aliás, este era meu grande medo durante a prova de direção. Já pensou se o examinador me manda virar pra direita e eu viro pra esquerda??? O bom é que em inglês eu geralmente acerto, nem imagino o porquê. Ja em português eu tenho que pensar na mão que eu escrevo ou na aliança de casamento.

Então um dia, em uma das primeiras vezes que vim dirigindo para Toronto, entrei em uma rua e no final dela tinha uma placa enorme dizendo que não podia virar para a esquerda. Eu fui seguindo em frente e perguntei pro Sergio:

- Pra que lado eu vou?
- Para a direita.

Só que eu confundi e achei que a direita era a esquerda; e então começou uma grande discussao (aos berros):

- Mas é proibido virar a direita.
- Não Lena, vire a direita!
- Mas a placa está dizendo que não pode.
- Então vire à direita!
- Não pode.
- Vire agora, vc não pode ficar parada aqui!!!

E eu virei à esquerda pensando que era direita e desobedecendo a sinalização!!! (Viu só como confio no meu marido???)  Só quando eu já tinha feito a conversão foi que eu percebi que direita era para o outro lado e eu estava na contra mão. Por sorte, a rua estava meio interditada para conserto do asfalto, então não tinha carros passando e eu sai dali o mais rápido que pude e nada aconteceu. Mas foi um desespero!!!

Quando já estávamos a salvo o Sergio disse uma frase que ele repete sempre que estou ao volante:

- Eu vou estar sempre do seu lado, Lena. Nem que seja gritando!


___________ # ___________


Se por um lado eu não sei o que é direita e esquerda, o meu marido querido costuma trocar as palavras. Hoje eu fui buscá-lo no ponto de ônibus e aproveitamos pra ir no correio que fica na Shoppers (uma rede de farmácia daqui). Como eu não sabia o caminho, ele foi me guiando:

- Entra na primeira à direita que vc conseguir para fazermos o retorno, pois vamos na Staples (é uma loja de materiais de escritório).
- Fazer o que?
- Colocar as cartas no correio.
- Mas na Staples tem correio?
- Claro Lena, eu sempre vou lá.
- Mas na Staples não é mais longe?
- Se vc conhecer outro lugar mais perto. Eu não conheço.

Ok, eu não conheço direito os caminhos e direções, então o que ele fala é lei. Mesmo achando que a Shoppers é mais perto de casa, vamos para a Staples.

Depois de um tempo:

- Mas a gente não tinha que ir pro outro lado?
- Claro que não, Lena (debochando da minha falta de senso de direção).
- Definitivamente eu nunca vou conseguir entender esta cidade!!!
- Chegamos, entre alí no estacionamento.

E então eu vejo bem grande: SHOPPERS.

Agora me diz: será que algum dia eu vou conseguir dirigir nesta cidade confundindo direita com esquerda e tendo um guia que troca o nome das lojas e ainda teima comigo que eu entendi errado?

8 comments:

Somnia Carvalho said...

tadinha de voce!... aqui o povo pena muito para tirar carteira tambem... minhas amigas todas reclamaram muito... eu ainda fugi disso por estar so provisoriamente no pais...

se bem que o transito daqui e super tranquilo para mim o que nao deve ser ai nao e?

beijocas e boa sorte

Sua vontade said...

Lena,

Rir muito lendo este post, principalmente pq eu sou um desestre em termos de direção. Atè meu fiote curte comigo de vez em quando.

Inté, Neuzinha

:) Família Feliz :) said...

Justamente por este motivo é que dá tão certo, um sempre precisando da ajuda e companhia do outro... se fosse diferente não teria graça! é assim que a gente se diverte no dia a dia...

2much-ice said...

Mari

Eu me vi na sua pele pois aqui em casa é desta mesma forma. Olha que morei em Goiânia 5 anos e ficava confusa quando saia com o Do ao lado pois ele é um GPS ambulante e eu sou pééééssima de localização. Então aqui em Toronto pegar o metro e andar nas ruas ainda esta meio difícil, kkkkkkkkk. É sério.

Eu ja virei inúmeras vezes para a esquerda achando que era direita e fui embora achando que estava certa porque p/ complicar ainda mais a minha situção o meu tico e teco romperam relações e eles não se comunicam nem com reza braba.

Sabe, aqui em casa tem janela pra frente da rua e pros fundos. Na esquina em frente de casa tem alguns stores.
Então se eu tiver em frente p/porta dos fundos e alguém me perguntar:Ninha, aonde foi o store que tu foi ? Eu sem cerimônia irei apontar ali pela janela sendo que na verdade o correto seria estar na janela da frente. Eu não me situo no mapa sabe? Mas , com toda enrolação e tropeços eu chego em qq lugar =D

hahahaha

Um bj!
Ninha

César, Valéria, Lara e Anaclara said...

Adorei a frase do seu marido: Nem gritando foi ótima. Hehehehe.

E a vida segue...

* Cibele & Junior * said...

Ai Marilena.... temos o mesmo problema!!!

Também confundo direita e esquerda...sempre...por mais que eu tente eu acabo trocando...rsrs
E também tenho um marido gritando no meu ouvido a direçao certa....hahaha
Mas encontramos um meio de nos comunicarmos melhor quanto a direçao... eu sempre peço pra ele me fazer o sinal com as maos, sabe?
rsrs
bjs

Ma said...

oi Lena!!!

tudo bem??

nossa, fazia tempo que eu não passava por aqui!!!

seu blog está muito lindo!!!!

um grande beijo,

Marina

Cheers! Fla said...

ha, ha, ha, estou com lagrimas nos olhos de tanto rir. Eu tbem nao tenho nenhum senso de direcao, ateh que melhorei bastante, mas a diferenca entre esquerda e direita eu sei, rs.

bjs