Skip to main content

Fomos ver o rei em Toronto...

... e foi muito emocionante!!!

Na realidade, este era um sonho do Sergio: ver um show do Roberto Carlos. No início eu nao me animei muito, mas como um casal de amigos se animou a cuidar das crianças e eu sabia que o Sergio ia adorar, acabei topando. E não me arrependo nem um pouquinho!!!

No fundo, qualquer coisa do Brasil nos emociona. E o Roberto Carlos não poderia ser diferente. Apesar de ninguem lá em casa gostar dele, as músicas do "rei" fizeram parte da minha infância; eram a música de fundo das tardes de domingo, quando eu ainda jogava bola ou pulava corda na rua.

Quando o Sergio comprou o acústico do Roberto, eu comecei a gostar um pouquinho mais dele e elegi emoções a minha música predileta. Fiquei com os olhos marejados quando ele a cantou (a primeira, por sinal). Mas ao contrário do que eu poderia prever, foi Lady Laura que fez chorar copiosamente.

Além da emoção do próprio Roberto, que acabou de perder a mãe, eu me emocionei pensando na minha própria mãe, no meu pai e em quanto eles me fazem falta. Como é triste muitas vezes não tê-los por perto para pedir colo, para confortar, para simplesmente conversar sobre banalidades. Eles são o tesouro que deixei no Brasil e que não tem substituição por aqui: nada que se compare a eles e ao medo de perdê-los.

Foi triste e ao mesmo tempo alegre relembrar tantos momentos e estar ali vendo o sergio tão feliz. Sem contar que o Roberto é de uma delicadeza e simpatia contagiantes. Cantou em espanhol para alegrar os latinos presentes e cantou a música Coimbra para alegrar aos portugueses presentes. E que presença: acho que pelo menos metade da plateia era de portugueses.

Ele cantou um pouquinho de tudo e ainda teve bis.

Pra que tudo fosse realmente perfeito tenho que elogiar a pontualidade e organização. Sem contar que andar pela cidade à noite é um prazer que eu havia perdido há muito tempo no Brasil. O centrão estava fervendo e com o calor que fez hj, não dava vontade de ir embora. Pena que o Edu não pôde ir e ouvir ao vivo as suas músicas prediletas: é proibido fumar e jesus cristo.

Enfim: pensei muito na minha infância, nos meus pais, na minha vida e que se chorei ou se sorri, o importante é que emoções...




PS: para os fãs de Zezé di Camargo e Luciano: fiquem ligados porque parece que eles vão vir a toronto em breve. se alguem precisar de babá, eu posso dar uma mãozinha!!!