Skip to main content

Vira casaca

Estou me saindo uma grande vira casaca nesta copa do mundo. Primeiro estava torcendo para o México contra a África do Sul, mas então, vi a carinha do Parreira e comecei torcer pro time africano.

Depois, comecei torcendo para o Uruguai e terminei torcendo pra França.

No jogo Argentina e Nigéria, eu torcia para o time africano, quando de repente, vi Diego Armando Maradona e fiquei pensando em como seria emocionante para ele ver a seleção argentina campeã (sem contar que se ele cumprir a promessa que fez, vai ser no mínimo ridículo, rs) e acabei ficando tentada a torcer para a Argentina. O bom é que os argentinos dentro de campo conseguiram me relembrar que brasileiro só torce pra Argentina se realmente depender da derrota do outro time, senão...

Só no jogo Inglaterra e EUA, eu torci do início ao fim para os vizinhos aqui de baixo, mesmo tendo ficado morrendo de dó do goleiro inglês. Sabe, eu já fui goleira de um time de handball nas olimpíadas da escola. Tudo bem que eu não era frangueira como o GREEN inglês, mas sempre fico meio penalizada com os infortúnios dos goleiros. Se o atacante erra, a gente xinga mas esquece. Agora quando o goleiro erra... adeus: entra pra história!