Skip to main content

Com três??? Não pode!!!

Logo que a Luisa nasceu eu tive varias dificuldades com a minha falta de braços. Infelizmente com três crianças pequenas dois braços não eram suficientes. As vezes todo mundo queria colo, água, mama e eu tinha que me desdobrar para segurar tudo e todos.

Mas graças a deus eles crescem e tudo vai ficando mais facil: eles já têm mais responsabilidade, não correm para a rua, entendem que o colinho tem que ser dividido entre os três e já podem correr um pra cada lado sem me matar do coração. Alem disso, hoje eu posso pedir para um ajudar o outro enquanto eu estou com o terceiro me ocupando.

Então, a mamãe de dois braços chegou toda independente com sua prole na piscina pública para aproveitar o verão que nem bem começou e já está acabando e... Não posso entrar sozinha com os três na piscina!!!

 Ora, será que a pessoa que inventou esta regra não sabe que uma mãe-leõa pega seu filhote com a própria boca se for preciso???

Tá bom, eu sei, não dá mesmo!!! Eu só não me conformo como passou pela minha cabeça que seria seguro eu ir na piscina sozinha com os três!!! O jeito é esperar pelo marido para fazermos este programa familiar, até porque, as minhas amigas mais próximas já estão com os dois braços ocupados, também.