Skip to main content

Para irritar o garoto

O Eduardo, como um bom representando do sexo masculino, é daqueles caras distraídos para tudo o que dá trabalho, ou que ele não gosta, ou que ele sabe que tem uma tonta pra fazer por ele.

Todo dia, na hora do futebol é sempre a mesma história:

- Mamãe, onde está meu uniforme?

- Mamãe, você viu a minha meia?

- Mamãe, onde está a minha água?

- Mamãe, amarra minha chuteira????

Tá, eu sei, eu sei, que a culpa provavelmente é minha que pra facilitar as coisas pra mim acabo fazendo tudo por ele. Eu estou tentando fortemente mudar este jeitinho de mãe brasileira que tenho impregnado em mim, mas as vezes, na pressa, acabo fazendo tudo só pra ir mais rápido e desando a maionese!!!

O fato é que um dia, eu cometi um engano horrivel!!!! Na hora de se trocar para o futebol, eu me adiantei e disse:

- Edu, vem aqui que já vou amarrar a sua sapatilha!!!

A casa caiu!!! O Eduardo ficou furioso com esta história de chamar a CHUTEIRA de SAPATILHA. E eu, só pra irritá-lo, uso esta história o tempo todo!!! Toda vez que ele começa perguntar do uniforme, eu já me adianto:

- Se troca logo pra eu amarrar sua SAPATILHA!!!

Eu continuo tendo que ficar falando onde estão as coisas, mas pelo menos me divirto!!!