Skip to main content

Cuidado com a roupa intima

A avó de uma amiga minha sempre dizia que não devemos usar calcinha ou sutiã velho. Nas palavras dela:




- Se um dia vc for atropelada na rua, todo mundo vai aquela calcinha furada e com o elástico frouxo!!!


Ouvi tantas vezes esta história que nunca mais me esqueci e toda vez que penso em colocar aquela calcinha mais velhinha para sair de casa, desisto, pensando no atropelamento, rs.


Seguindo a mesma lógica, procuro estar sempre repondo as calcinhas e cuequinhas das crianças. E aquelas mais velhinhas, normalmente eu deixo pra eles usarem em casa. Logicamente com o marido funciona assim também. Quando vou dobrar a roupa, dou uma geral e já coloco no lixo o que já passou do prazo de validade, rs.


Então no aniversário dele, comprei varias coisas de uso pessoal que ele estava precisando e enchemos a mesa de presentinhos para o papai. Dentre os presentes ele ganhou meia dúzia de cuecas.


Eu juro que procurei muito por cuecas de qualidade e ao mesmo tempo bonitinhas, mas no tamanho dele e no modelo que ele gosta, as melhores e mais bonitas que encontrei eram coloridas e algumas com estampas. Ele gostou muito, não reclamou de nada e tem elogiado o conforto do presente, mas....


...um belo dia ele chega no quarto e pergunta:


- Lena, é possivel um cara que já passou dos 40 de repente ficar indeciso sobre sua sexualidade???


- Que pergunta mais doida??? Por que???


- Porque estou me olhando no espelho e não estou me reconhecendo com esta cueca com estampa "camuflada do exército". Pra mim, isso é coisa de gay, rs...


E tenho que dizer... ficou muito estranho mesmo!!! E ele, se lembrando do conselho da avó da minha amiga:


- Já pensou se eu for atropelado um dia e todo mundo pensando "quem diria, o Sergio, com esposa e filhos".


Não preciso dizer que a cueca virou pijama de final de semana né? Ele só usa em casa, ou no máximo pra dar uma voltinha pela rua.