Skip to main content

Lugar de criança é na escola

Hoje está sendo a Terry Fox Run na escola das crianças. Todo mundo vestido de vermelho e branco, com bandeirinhas do Canadá andando pelos arredores da escola em homenagem ao Terry Fox. As crianças levaram moedinhas que serão doadas para a pesquisa do Cancer e de quebra a gente ainda ganha um pouco de conhecimento da cultura canadense.

Minha amiga canadense se emociona e chora quando fala no assunto. Eu me emociono e choro quando vejo as oportunidades que estamos tendo de viver tudo isso. Nós duas, adoramos o Terry Fox Run de qualquer forma.

Na minha modesta opinião de mãe de 3 em idade escola, uma das melhores coisas que acontece na vida de uma criança é o momento em que ela vai para a escola, especialmente se isso ocorre após os dois anos.

Me lembro que o Eduardo, quando tinha 2 anos, queria muito ir para a escola. Esperava ansioso pela vez dele e acho que foi ótimo pra ele esta experiencia (mesmo tendo escolhido mal a escola, naquele momento).

O fato é que a escola é o melhor contraponto para tudo o que as crianças vivem em casa. Naquele ambiente a criança vai encontrar muitas possibilidades para viver novas experiencias, conhecer todo tipo de gente e entender que o mundinho que existe dentro da casa dela é apenas uma estrelinha em um Universo gigantesco.

Para quem vive expatriado como nós, a escola é o melhor lugar para se adaptar, aprender a lingua como ela é falada na rua e aprender a lógica do pensamento deste povo, rs. Sem fazer comparações entre educação aqui ou ali, escola pública ou católica, boa ou ruim... a escola dá para nossos filhos a oportunidade de conhecer o mundo de verdade: é o primeiro contato dos nossos filhos com a vida como ela é, sem a nossa superproteção, nossos olhos atentos aos perigos, sem nossos olhar aprovador ou nossa cara de brava. É a primeira vez que nossos filhos têm a chance de tomar suas proprias decisões longe dos nossos olhos e em um ambiente estranho, com pessoas que eles não conhecem e influencias de todo tipo.

É claro que esta experiencia pode ser facilitada quando sabemos escolher a instituição. Muitas vezes somos levados apenas pelo nome, pela fama, pelo preço ou pela indicação do vizinho e não percebemos que aquele lugar não é o mais adequado para receber o nosso filho "problemático" e depois não entendemos porque a agenda da criança está repleta de bilhetinhos da professora nos convidando para um "encontro".

No Canadá as opções não são tão grandes quanto no Brasil porque as escolas gratuitas são escolhidas pela rua onde vc mora, ainda assim existem escolas abertas que aceitam alunos de lugares mais distantes e vc ainda pode escolher entre as católicas (se vc for cristão) e as públicas.

Mas independente de qualquer coisa, quem realmente vai fazer a vida escolar do seu filho, é vc. Quem vai ensinar as diretrizes, os conceitos morais, quem vai criar o caráter do seu filho É VC. A escola vai sim dar as possibilidades, vai dar o material para o seu filho se desenvolver. Mas vc é quem vai administrar este material e ajudar seu filho a julgar o que é bom ou ruim: o que ele quer usar ou não. Por isso, a participação dos pais na escola é fundamental: estar olhando de pertinho o que está acontecendo na vida do seu filho é o melhor caminho para ensina-los a escolher bem.

Por outro lado priva-los das experiencias desagradaveis é fingir que o mundo é um conto de fadas e que todas as princesas são bozinhas.

Eu me fico extremante feliz de ver todas as experiencias que meus filhos estão tendo na escola. Me angustio com as coisas desagradaveis, choro e me emociono muito, mas num dia como o de hoje eu só agradeço por todas as oportunidades. Infelizmente muitas crianças pelo mundo não têm a mesma chance que meus filhos estão tendo, mesmo aqui no Canadá. Eu, de verdade, lamento muito por elas.