Skip to main content

Posts

Showing posts from October, 2011

Toda boa ação deve ser recompensada?

Com o post sobre os adesivos desviados pela Luisa, rs, surgiu a idéia de dar uma recompensa à criança quando ela fizer algo positivo, correto, como por exemplo devolver o adesivo. Não sei... eu sempre tomo muito cuidado com recompensas. Acho que se por um lado as recompensas por coisas positivas podem ser um incentivo para a criança continuar fazendo coisas positivas, por outro lado eu acho que pode desenvolver na criança uma idéia de que devemos fazer as coisas para receber algo em troca.


Eu sempre fui contra pagar favores: um favor não deve ser pago, senão, deixa de ser um favor e passa a ser um serviço ou um trabalho remunerado.


Eu estendo esta idéia a tudo! Se vc ajuda o seu vizinho, muitas vezes ele nem precisa ficar sabendo que foi vc. Nós devemos fazer por achar que ele precisava daquela ajuda, mas não esperando que ele venha agradecer ou retribuir. Por outro lado, é super bom retribuir um favor, agradecer por alguma ajuda, mas não como um pagamento, e sim como uma forma de mostr…

Foi sem querer querendo...

Luisa e Helena estão fazendo aulas de sapateado!!! Quando na minha vida eu iria imaginar minhas filhas com aquele sapatinho, correndo pra lá e para cá, fazendo barulho na casa inteira??? Mas elas estão amando esta história e treinam a semana inteira em todos os comodos da casa, rs.

Como em todas atividades por aqui, as crianças sempre ganham um adesivo após o término da aula. Pra resolver este problema eu comprei um album de fotografia para elas colarem as dezenas de adesivos e os tres amaram a ideia!!!

Na última aula, a professora tinha dois tipos de adesivo: um de halloween e um outro de abelinhas. Os dois eram lindos e imagino que tenha sido bem dificil para as meninas escolherem qual elas Então a Luisa sai da aula com um de cada e a Helena explica que a Luisa tinha 2 porque a professora não tinha visto.

Na hora eu pensei no pior: que ela tinha pegado escondido nas coisas da professora ou algo do gênero. Fiquei furiosa mas tentei nao demonstrar minha raiva. Só me abaixei e fui convers…

O mistério das meias perdidas

Esta história de meia perdida é uma coisa que parece acontecer com todo mundo. Sempre tem alguem por aí reclamando dos pés de meia orfãos que acumulam em casa.

Com esta historia de tirar o sapato sempre que entramos em casa, eu posso dizer que no Canadá, meu problema com meias perdidas mais que dobrou. Imaginem que somos 5 andando de meias o dia inteiro, assim a maior parte da roupa suja por aqui é composta por estas pequenas pequenas que só têm utilidade se estão em pares.


O grande mistério desta história é que entram no cesto de roupa suja vários pares de meias todos os dias e sempre um pé fica perdido naquele buraco negro entre o cesto e a máquina de lavar roupa. No momento de por pé com pé sempre sobram vários pezinhos avulsos e muitas vezes nunca mais aparece seu parzinho.


Pra tentar diminuir a confusão de pezinhos solitários espalhados pelos armários, eu deixo todas as meias dentro de cesto de roupa limpa. Conforme vou encontrando os companheiros de cada uma já vou amarrando junto…