Skip to main content

Posts

Showing posts from January, 2012

Festa de menina pra menina!!!

O aniversário da Helena foi dia 18 de janeiro, mas como as aulas recomeçaram no dia 9 eu resolvi fazer uma festinha no final do mês.

O primeiro desafio foi escolher os convidados!!! Ela fez uma listinha enorme porque em escola pequena todo mundo conhece todo mundo. Então fomos fazendo "regras" para diminuir a lista e ao mesmo tempo não ser injusto com ninguem: entao decidimos convidar apenas a classe dela.

Acontece que algumas classes sao combinadas (duas series na mesma classe) e algumas das melhores amigas da Helena estao na outra classe junto com a Luisa. Depois de muito pensar nós decidimos convidar apenas as meninas das duas classes.

Vai ser uma festa tipo dress up: as meninas se vestem de princesa e fazem atividades como maquiagem, unhas, coisas assim.

As meninas estão todas animadíssimas e só falam nisso. Triste para as que não poderão ir, porque depois da festa ainda vão ter que aguentar as colegas contando como foi!!!

O que eu tenho percebido é que as pessoas costumam i…

Quartas movimentadas

As vezes eu acho que não tenho nada na cabeça: as vezes eu tenho certeza!!!

Como o Sergio estará fora da cidade por tempo indeterminado e eu queria manter as crianças ocupadas nestes período, acabei matriculando todo mundo em varios esportes e atividades. São programas de 30 minutos ou 1 hora, mas apenas uma vez na semana. Temos atividades todos os dias exceto às sextas e domingos.

Como tenho 3 filhos e nem sempre (leia-se quase nunca) todo mundo quer fazer a mesma coisa, estou sempre com alguem esperando o(s) outro(s).

Então eu tive a maravilhosa idéia de tentar matricular as meninas em um horário no meio da tarde, assim, elas fazem uma atividade enquanto o Eduardo está na escola. Foi uma excelente idéia: patinação da 1:30 até as 2:00h nas quartas feiras.

- Mas Lena (Sergio falando comigo), elas não têm sapateado nas quartas também?
- Têm, mas é as 5:00h e como é só meia horinha, não tem problema o Edu esperar um pouco.
- Mas Lena, não é muita coisa???
- Nãããããão!!! Vai ser super legal!!!

E…

Aulas de sapateado

As meninas estão fazendo sapateado no programa de esportes de Toronto e no grupo delas tem um menino de 3 anos. Ele tem duas irmãs mais velhas que fazem sapateado há muito tempo e quis fazer este semestre também.

A mãe disse que o pai não gostou nada da idéia, mas como é ela que tem que aguenta-lo chorando toda aula porque quer dançar, ela acabou matriculando-o.

Nas duas primeiras aulas ele até foi bem. Apesar de ser bem mais novo que a maioria das 8 meninas que dançam com ele, até conseguiu seguir direitinho o que a professora ensinava. Na verdade ele foi até melhor que a irmã´(que só fazia bagunça, rs).

Mas hj, algo iluminou a cabecinha dele e ele não quis dançar. Ele entrava na sala, ficava um pouco e em seguida saia. A mãe fez varios tipos de chantagem, conversa, promessas e ameaças, até que ele saiu da sala decidido:

- Não quero mais dançar. Nesta sala só tem meninas dançando, eu quero ir pra sala dos meninos!

Depois de muitas risadas, a mãe acabou decidindo que vai cancelar a matric…

Visita do marido

Sexta feira o marido chegou para nos visitar pela primeira vez. A espera foi muito boa: passamos o dia animados sabendo que a noite ele chegaria. Apesar dos atrasos no voo as crianças não desistiram de esperar. Tudo bem que a chegada não foi triunfal, tipo volta da guerra. Nós acabamos pegando-o no estacionamento e o primeiro abraço só pôde ser dado em casa. Sem contar que com o balancinho do carro as crianças acabaram dormindo.

Mas de qualquer forma, é muito bom estar junto novamente, dormir abraçadinho e ficar conversando até pegar no sono. Confesso que tb tivemos momentos de emoção e  de tristeza por saber que em 2 dias iriamos começar tudo de novo mas tentamos ao máximo fazer destes momentos um tempo feliz.

Não nos desgrudamos nem um minuto e mesmo as compras do supermercado foram feitas em familia este final de semana. Ainda pudemos comemorar meu aniversário atrasado, jogar video game com as crianças, assistir programas na internet juntos e até ir na piscina dar um mergulho.

Apesar …

Portas fechadas

Sexta feira finalmente nevou em Toronto. Eu adorei: primeiro porque gosto de neve e não me incomodo com a confusão que ela causa, mas principalmente porque estávamos com um tempo chuvoso horrivel, que me deixa super mau humorada.

Levantei bem cedinho para levar as crianças para a escola e vi tudo branquinho. Saí animada e fui limpar a calçada e entrada da casa. Deixei tudo limpinho e fui chamar as crianças, dar cafe, colocar uniforme e quando sai de casa... tinha nevado mais e estava tudo melecado de novo!!!

Me deu até desanimo em pensar no trabalhão que eu tive para nada. E então, quando fui abrir as portas do carro... só consegui abrir a porta do motorista. As outras portas estavam todas congeladas e não teve jeito: não abriram.

Quer dizer, não abriram totalmente porque com as minhas tentativas, elas se moveram um pouquinho e foi o suficiente para o alarme de porta aberta ficar soando por todo o percurso até a escola.

As crianças tanto entraram como saíram do carro pela porta do motor…

Presente de Natal

Meu marido não é nem um pouco exagerado e me fez a maior surpresa neste natal!!! Eu bem percebi que ele andava meio ansioso, mas pra ser sincera eu estava desconfiada que ele não estava tendo tempo de me comprar um presente e por isso a ansiedade.
Como eu sabia que ele iria para Halifax logo no inicio do ano, eu pedi que ele saísse do trabalho anterior para aproveitarmos as ultimas semanas juntos. E nestes 15 dias que ele ficou por aqui eu não dei tregua: onde ele ia, eu ia tambem. E ainda fazia o coitadinho me acompanhar em todo lugar que eu ia, rs.

Só que eu já tinha comprado o presente dele há muito tempo atrás: um kit tipo scrapbook para colocar fotos nossas: tudo pensado pra ele matar a saudade, rs. Enquanto ele tomava banho ou ia na lavanderia, eu imprimia as fotos e ia escondendo junto com outras fotos que nós já temos impressas. E como montei um kit parecido para as vovós no Brasil, ele nem se deu conta que muita fotos foram impressas 3 vezes, rs.

Então, durante o mês de dezembr…

Aulas de patinação

É quase uma obrigação aprender a patinar nesta terra. Primeiro que o hockey é o esporte nacional: todo canadense assiste e ama. E com nosso inverno que não termina nunca, os esportes no gelo sao item obrigatorio e necessario para não ficar trancado dentro de casa.

Eu fui patinar uma vez no ano passado e até consegui ficar em pé: agora dizer que patinei é algo bem longe da verdade. O Edu e a Helena tambem arriscaram e até fizeram bonito, mas ainda falta técnica para eles. E a Luisa nem quis tentar.

Então, este ano, os tres estao matriculados na patinação. Hoje foi a primeira aula das meninas e foi muito legal (pelo menos pra mim, que estava só do lado de fora assistindo).

Eu me impressionei com a Luisa que ja entrou no rink em pé e apesar de ter caído varias vezes, consegue se levantar sozinha e até segurar o stick de hockey e bater nas bolinhas. A Helena, eu diria que já é experiente, rs. Ela tem um equilibrio muito bom e muita concentração, então, quase não caiu e conseguiu fazer tudo o…

Trauma de guerra

Eu não tive muita dificuldade em me adaptar ao Canadá. O frio, a comida, os costumes... Eu sinto saudades de pessoas, sinto falta de algumas coisinhas de vez em quando (pastel no momento), mas aprendi a viver bem aqui e até me divirto com certas esquisitices canadenses.

É claro que nem tudo é perfeito e de vez em quando eu mato as saudades da terrinha com as coisas que não funcionam por aqui. Ainda é impossivel não comparar e infelizmente o Canadá tem muitos dos nossos problemas mas pelo menos no quesito violência, o Canadá está bem na fita. é claro que temos violência por aqui também, mas o risco é baixo e dependendo de onde vc mora e dos lugares que frequenta, o risco é ainda menor.

De vez em quando eu vejo a polícia aconselhando as pessoas a trancarem os carros (na propria garagem ou nos estacionamentos) e é impossivel não rir. Uma amiga minha ficou muito brava porque os ladrões roubaram o GPS de dentro o carro dela. Eu levei o maior susto e perguntei se eles quebraram o vidro do car…

Festa de aniversário

Nada como o tempo para nos fazer achar as festas de aniversário canadenses legais. Confesso que a primeira festinha que fui aqui me deixou um tanto decepcionada e eu, na época, achava que faria diferente com minhas crianças.

Mas depois de 3 anos indo a varias festinhas que seguiam este mesmo esquema, eu aprendi a gostar deste jeitinho canadense de comemorar. E mais do que isso, hoje eu acho que dá pra fazer festas super divertidas seguindo este esquema.

O aniversário do Eduardo foi uma das festas mais canadenses que já fui. Ele quis que fizessemos em um boliche: ele e os amigos jogaram boliche por pouco mais de 1 hora, depois comeram pizza e por fim teve o bolo de sorvete que eu levei. Foram ao todo 2 horinhas de festa e as crianças adoraram.

Normalmente os pais entram, cumprimentam o pai do aniversariante e vao embora. Só as pessoas mais próximas é que ficam.

Na maioria dos lugares que visitei, eles oferecem a comida: pizza, pipoca e suco. Geralmente 1 pedaço de pizza para cada criança …