Skip to main content

12 coisas que tornaram 2011 um ano memorável!

Este post foi escrito há tanto tempo, que quase perdeu o sentido, mas como este blog é uma espécie de arquivo pessoal, vou publicá-lo só agora!!!

Não posso negar que nós fechamos o ano de 2011 com chave de ouro. Apesar dos pesares, o último mês do ano foi de muita comemoração e esperança aqui em casa. Mas este ano já estava sendo um ano muito bom para mim e eu vou tentar listar 12 coisas boas que nos aconteceram nele.

  1. A presença da Luisa Elena aqui em casa foi muito bom para todos nós. É bem verdade que ela chegou aqui em agosto de 2010, mas tivemos a sua companhia por 6 meses neste ano e foi maravilhoso. Nós sempre nos lembramos dela com carinho e guardamos esta experiência com muita alegria. Não vejo a hora de reencontra-la para colocar as fofocas em dia.
  2. Depois que meu pé melhorou (lembra que eu quebrei o dedo no inicio de dezembro de 2010?), eu fui patinar pela primeira vez na minha vida. No início eu achei que jamais conseguiria ficar em pé sobre os patins, mas contrariando minhas expectativas eu consegui e só cai uma vez. Estou super animada para tentar de novo em 2012 e talvez até fazer algumas aulas de patinação.
  3. Neste ano eu tambem entrei para os enta: completei 40 anos em janeiro. Esta é uma idade estranha porque como diz meu marido, a partir dos 40 é como se comessássemos a descer a ladeira. Mas eu me sinto super bem e feliz. Não tive crises ou medos. Ao contrário, estou em uma fase muito boa da minha vida e a minha idade não atrapalha em nada. Sem contar que me sinto muito mais jovem hj do que há 20 anos atrás.
  4. E neste ano eu tb consegui me sentir muito mais à vontade para conversar e me comunicar em inglês. Até então, eu sempre evitava fazer ligações telefonicas, ficava só ouvindo e sorrindo quando estava em uma rodinha e muitas vezes fugia das pessoas com medo de ter que falar. Não sei muito bem como aconteceu mas de repente eu me vi com a mão levantada, pedindo a palavra no meio de uma reunião de pais na escola. Falei e me fiz entender. Hoje, nem penso no inglês quando tenho que fazer alguma coisa, pedir uma informação ou ir cumprimentar um vizinho.
  5. A nossa socialização também mudou muito em 2011. Não que nós estivéssemos sozinhos até agora, mas no fundo, nós só tinhamos amigos brasileiros. Eu conhecia muitas mães, mas nosso relacionamento era muito superficial, aquele relacionamento de pegar filhos na escola. Agora eu sinto que tenho muitas pessoas de confiança com quem podemos contar, brasileiros e não brasileiros. Além disso, as crianças estão com uma vida social muito intensa, cheias de convites para ir na casa de amigos e sempre recebendo muitas crianças aqui para brincar. E eu me sinto super realizada porque as crianças gostam de vir aqui e muitas delas me perguntam: Mari, posso ir na sua casa?
  6. A ida da Luisa para a escola também foi muito importante. Até então, ela estava muito limitada aos amigos das crianças e alguns amigos brasileiros nossos. E aqui, os pais não têm muita preocupação em agradar todas as crianças. Se a Helena é a amiguinha, o convite é para a Helena e ponto. De certa forma isso é bom porque as crianças precisam ter uma certa individualidade e não precisam ir em todo lugar juntas, mas era muito sofrido para a Luisa ver a Helena toda arrumadinha para um aniversário ou uma tarde na casa da colega e ela ter que ficar em casa. Hoje, ela tem as proprias amigas, as amigas em comum com a Helena e as mesmas oportunidades. Sem contar as 2 horinhas de "solidão" que eu ganhei e que fazem muita diferença.
  7. Este foi um ano pessoalmente especial para mim porque eu aprendi a me preservar. Aprendi a selecionar melhor meus amigos e principalmente proteger mais minha casa e minha familia. Depois de passar por varias situações "complicadas", eu entendi que estava na hora de ser mais cuidadosa. Nem preciso dizer que nossa qualidade de vida melhorou porque ao inves de perder meu tempo com problemas alheios, eu agora uso meu tempo com minha familia. Isso não quer dizer que eu não esteja aberta a ajudar um amigo, mas só me disponho a ajudar quem quer ser ajudado.
  8. Em 2011 nós comemoramos nosso aniversário de 10 anos de casamento. É interessante como o tempo passa e nossa vida muda. Quase nem me lembro como era nossa vida antes das crianças. Passamos 2 anos juntos, só os dois e as vezes a gente não consegue se lembrar de detalhes da casa e da nossa rotina. E conseguimos passar incolumes pela tal crise dos 7 anos que ou não veio ou não conseguimos perceber.
  9. E tivemos Pearl Jam em Toronto: eu não podia perder!!! E foi um show super especial!!! E ao mesmo tempo, foi a primeira vez que as crianças dormiram na casa de alguem sozinhas. Nao é facil deixar os filhos, mesmo confiando totalmente nos anfitriões. Mas foi uma experiencia muito boa para eles e eles se divertiram muito!
  10. O nosso verão foi muito bom: nós fizemos muitas atividades juntos, fomos ás piscinas públicas e parques quase todos os dias ou ficávamos no quintal a tarde inteira. Acho que nunca fiquei tanto tempo do lado de fora de casa. Quando o outono chegou, nós ate ficamos felizes porque estávamos exaustos.
  11. Em dezembro nós organizamos a primeira festa de aniversário com convidados canadenses. Uma coisa é trazer nossos amigos brasileiros para comemorar o aniversario de uma das crianças, outra coisa é fazer festa para 10 crianças canadenses. Foi um aniversário em ingles e eu confesso que estava bem insegura no inicio, mas foi um sucesso e o Edu se divertiu muito.
  12. E claro, o Sergio conseguiu o seu primeiro emprego como engenheiro no Canadá. Nem preciso comentar como isso foi importante, né?

E o ano de 2012 já começou com tudo!!! Parece que vamos ter muita emoção por aqui este ano também!!!