Skip to main content

Uma população em crescimento acelerado

Quando estava no Brasil as pessoas não cansavam de se admirar por eu ter 3 filhos. Nesta admiração, muitas pessoas chegaram a ser rudes dando a entender que minha mãe é quem ia sofrer para cuidar das crianças ou insinuavam que eu estava condenando os três a poucas possibilidades já que as coisas no Brasil são caras.

Eu acho que nunca dei uma resposta mal educada porque demorava pra entender o que as pessoas queriam dizer, rs.

Mas a verdade é que eu encontrei o meu lugar no mundo!!! Não sei se isso acontece em todo Canada: nem sei se acontece em toda cidade de Toronto, mas este bairro onde eu moro está em franco crescimento populacional.

Na escola das crianças os filhos únicos são raros: todo mundo tem irmão ou irmã na escola ou se preparando para entrar. 3 filhos é lugar comum e 3 amigas minhas me deixaram pra trás e já estão na casa dos 4 filhos. E as escadinhas têm degraus bem menores que a minha, rs.

O interessante é que quanto mais filhos, parece que mais ativas são as mães. A mulherada anda com a criançada pra cima e pra baixo e a gente vive se esbarrando em aulas de natação, bale, patinação, supermercado.

Os "pestinhas" se encontram e fazem o maior escândalo, como se não se vissem há meses e eu me sinto super em sintonia com os "locais", rs.

A diretora da escola é quem fica super animada. Hoje eu estava conversando com uma das mães grávidas e a diretora passa, ouve a conversa e diz:

- Eu dou o maior apoio para vcs terem muitos filhos e encherem a nossa escola!

E ela tem que nos agradar muito, porque quando uma mãe resolve mudar de escola ja leva quase 2% dos alunos embora.