Skip to main content

Meu país é muito melhor!!!

Se tem uma coisa que é irritante em um imigrante é esta história de que tudo em seu país é melhor!!! De cada 10 imigrantes que eu conheço, 9 dizem que seu país é melhor: que a comida é melhor, que a educação é melhor, que o clima é melhor, tudo é melhor!!!

Eu as vezes me irrito um pouco com os próprios canadenses que não dão um "respostão" para estas listas de vantagens que os outros países têm em relação ao Canadá.

Se seu país é tão melhor "O QUE VC ESTÁ FAZENDO AQUI?" Volta pro seu país melhor!!

Hoje eu estava conversando com meu vizinho da eslováquia ou eslovenia (não lembro). Ele não cansa de listar as vantagens que seu país tem em relação ao Canadá. E não só o país dele: a Europa como um todo é muito melhor que aqui!!! A educação do país dele é muito melhor que a daqui! As pessoas do país dele são muito mais educadas e gentis que as daqui (provavelmente ele aprendeu a ser grosseiro com os canadenses!!!). Os governos governam melhor lá, até os onibus funcionam melhor!!!

Tudo no Canadá é ruim, é frio, é caro, é feio, é inseguro, é corrupto, é o que há de pior no mundo. E eu fico me perguntando por que continuar vivendo em um lugar tão inóspito?

Me incomoda muito esta visão um tanto deslumbrada que os imigrantes vão adquirindo conforme o tempo vai passando. As vezes eu acho que quando imigramos nós criamos uma ilusão de que  o lugar para onde estamos indo é perfeito. E então, quando os defeitos começam a aparecer, nós transferimos a nossa ilusão para o que tinhamos antes.

O mais difícil pra mim nestas conversas é não cair na risada quando começo recitar mentalmente a "Canção do Exílio" do Gonçalves Dias. Só agora eu consegui entender perfeitamente do que ele estava falando neste poema:

Canção do Exílio

"Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar — sozinho, à noite —
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu’inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá."


Gonçalves Dias