Skip to main content

Velhinhos independentes

Quando cheguei no Canadá eu confesso que me surpreendi com o número de idosos circulando por aí. Dependendo do horário, pra todo lado que eu olho só vejo pessoas acima dos 70 anos. E é raro vc ver os filhos ajudando os pais, ao contrário, os pais idosos é que muitas vezes ajudam os filhos que trabalham fora. Muitos vovôs e vovós da redondeza cuidam dos netos, vao buscar na escola e levam para as atividades da tarde.

Tem um shopping aqui perto de casa que é um ponto de encontro de idosos pela manhã: eu me sinto uma menininha fazendo compras lá!!!

E todo mundo dirigindo seu carrinho, carregando suas proprias compras e muitos até se ofendem se vc pensar em ajuda-lo! Por outro lado, eles adoram ajudar: vira e mexe algum deles vem correndo para me ajudar a abrir a porta do carro quando estou com as mãos ocupadas.

Apesar da maioria dirigir, eles também têm consciencia de que caminhar faz bem e muitos andam a pé, mesmo com o frio. Se as pernas já estão cansadas, eles usam suas bengalas sem nenhuma vergonha ou usam um wheel walker ( andador com rodinhas, como o da figura). Este andador é super legal porque alem de se apoiarem, ainda tem uma cestinha para eles colocarem a bolsa ou as compras. E quando ficam cansados, podem sentar um pouquinho.

Também é muito comum por aqui aquelas cadeiras de rodas automáticas. Eles andam pra todo lugar com elas.

E eu fico me perguntando porque os idosos aqui são tão ativos???

Será que é porque as ruas de Toronto são em sua maioria planas?

Ou porque a maioria dos carros aqui são automáticos?

Talvez seja porque as calçadas são feitas para os pedestres andarem (são largas, retinhas, bem acabadas, limpas e ai de quem deixar qualquer coisa na calçada que atrapalhe a passagem!).

Será que o fato de ter guia rebaixada em todas as esquinas também contribui?

Na verdade é um conjunto de fatores que fazem com que Toronto e região seja um lugar muito bom para se tornar um velhinho independente.