Skip to main content

Um dia inusitado

Hoje meu dia foi tão inusitado que está até parecendo enredo de novela!

Primeiro acordei de manhã com um lindo bilhete escrito pelo meu filho e grudado no meu radio -relogio:

- Can you please make pancakes with chocolate for breakfast? (Vc pode por favor fazer panquecas com chocolate para o café da manha?).

O lindinho deixou o bilhete quando foi dormir e eu fui tão tarde para a cama que nem o vi. Isso porque ontem de manhã ele pediu as panquecas e eu disse que nao dava tempo: tinha que me avisar no dia anterior!

Desci para fazer as panquecas e descobri que meu fogão novinho não estava funcionando. As bocas do fogão nao estavam ligando. A única boca que esta funcionando é a que serve para manter a comida quente, mas ela não esquenta o suficiente para cozinhar.

Fui testar o forno e descobri que ele está ligando normalmente mas não dá para ajustar a temperatura: liga em 375F e pronto. O problema é que o botão de desliga também parou de funcionar e tive que arrastar o fogão e tira-lo da tomada para desligar o forno.

Levei a criançada na escola e em seguida fui para o veterinário com o Blue (dia de vacina). Assim que entrei no vet vi uma moça super gripada, sentada no chão. Ela me cumprimentou e virou para a cestinha que estava em cima da cadeira: era o gato dela. Quando começou passar a mão na cabecinha dele eu percebi que aqueles olhos vermelhos, a caixa de lenços e o nariz escorrendo não tinham nada a ver com gripe! Fiquei super deprimida!!!

Nem tive coragem de perguntar o que o gatinho tinha!

Voltei para casa e fui para a reunião de pais com a professora da Luisa. Eu detesto a mulher desde o ano passado, mas estava, até hj, tentando manter a compostura.  Nao gosto da atitude dela perante os problemas. Ela é incapaz de fazer um elogio para qualquer criança. Eu nunca a vi falando pra algum pai algo positivo sobre seus filhos. Hj na reuniao ela foi muito negativa em relaçao à luisa; só fez críticas ou elogios com asterisco: as vezes ela presta atenção, quando eu a lembro ela faz isso, de vez em quando ela faz aquilo...

Eu conheço a minha filha, ela não é santa, mas não é um demonio também. Com um pouco de jeito vc consegue qualquer coisa da Luisa, até que ela fique sentada prestando atenção.

Mas o que mais me magoou foi que ela meteu o pau na minha filha na frente da Luisa: a Luisa foi ficando corada e se afundando na cadeira. De vez em quando ela tentava mudar de assunto e a vaca, digo, a prof, fazendo críticas. E eu não consegui responder... porque se eu abrisse a boca seria para cuspir na cara dela e depois encher a boca dela de cacos de dentes!!!

Ta, eu acho que não conseguiria ter uma reação deste tipo, mas pra que arriscar!!!???

Saí de lá e fui direto para a sala da diretora e marquei um horário com ela para amanhã. Já estou fazendo uma listinha de coisas que a diretora precisa saber sobre esta vaca (desculpem-me as vacas, é só força de expressão... eu sei que vcs não são este tipo de gente).

Voltei para casa com a cabeça fervendo mas os pés congelando: comprei uma porcaria de uma bota de neve ontem e a danada não esquenta nada!!! Limpei as botas e fui trocar por alguma coisa mais quente!!!

Peguei as crianças na escola, improvisei um lanche que não precisasse do fogão e fui para a natação da Luisa e em seguida para a ginástica da Helena. Quando a Helena entrou na classe, eu desabei!!! Estava tão cansada que me sentei em um banco, deixei o Edu jogando 3DS, a Luisa jogando no meu celular e dormi uns 20 minutos: cheguei até a sonhar com um show de música!!!

Saí da ginástica revigorada e fui direto a um Mc Donalds porque não posso cozinhar, rs. Comprei nosso lanche no drive thru e quando estava saindo, vejo 3 meninos sentados em uma mesa dentro do MC mostrando a lingua pra mim. Não tive a menor dúvida, tirei o pé do acelerador e mostrei a lingua para eles.

Ahhh dá licença... hoje meu dia foi muito estressante! Cansei de levar desaforo para casa!!! Consegui chegar aos 8 anos que eles devem ter e só agora estou chegando nos meus 41 de novo!!!