Dec 31, 2012

Blue

No dia que chegou com 8 semanas
Blue foi o nome escolhido para o nosso cachorro. Ele é um Golden Retriever e nasceu no dia 20 de julho deste ano. Tem sido uma alegria muito grande em nossas vidas te-lo aqui com a gente.

Apesar do trabalho e das dificuldades de entendimento iniciai, até que estamos nos entendendo bem ultimamente e geralmente acertamos a comunicação atravez de latidos, caras e bocas e alguns gritos ignorados.

Como todo Golden Retriever, o Blue não passa sem ser notado em nenhuma situação: seja por ser muito comunicativo, por ser realmente lindo, ou por simplesmente considerar todo mundo como melhor amigo... positiva ou negativamente ele sempre dá um jeito de chamar a atenção.

A primeira vez que eu o levei na escola paguei o mico do ano: estacionei para pegar as crianças e deixei-o em cima do banco do passageiro. Bastou uma criança gritar "um filhotinho" para todas as crianças que estavam por ali correrem em direção ao meu carro, para desespero das professoras e auxiliares, e para a ira dos motoristas dos onibus escolares e da diretora da escola. Se eu não tivesse descido do carro, eu teria me escondido embaixo do banco com certeza!

Agora, o Blue vai comigo mas fica no chão, na parte de trás do carro. Depois que a maioria dos alunos foi embora, os onibus escolares sairam e a diretora entrou na escola, eu deixo que ele venha para fora brincar com os amiguinhos das crianças, que já ficam perto do carro esperando por ele.


Com o presente de natal
Esses dias fomos ao parque com ele e como estava muito frio o parque estava praticamente deserto. Só vimos um senhor (chinês?) empurrando uma menininha no balanço. As crianças ficaram nos brinquedos e eu me afastei com o Blue para caminhar um pouco. Como estava tudo muito deserto, soltei a coleira para ele correr um pouco e é claro que ele correu para fazer novos amigos: foi direto no balanço da menina.

Quem conhece a raça sabe que ele não ia fazer nada contra ela, mas o senhor parece que não conhecia: começou a levantar o balanço da menina e rodar feito um peão gritando "no, no no".

Eu consegui pegar o Blue rapidinho, mas apesar do desespero do homem, eu não consegui segurar o riso. Pedi desculpas varias vezes, sempre sorrindo (gargalhando por dentro) e percebi que não ia dar para soltar o meu cachorro super-social naquele momento. Só quando os dois foram embora que ele pôde correr mais um pouquinho sem o limite da coleira.

Dec 30, 2012

Helena lendo para a vovó


Com muito orgulho eu posso contar para todo mundo que vcs gostam de ler. Não sei se quando puderem ler este blog isso ainda vai ser verdade, mas leitura é realmente uma mania aqui em casa. E os livros se multiplicam a cada dia porque vamos conhecendo os autores, as livrarias, os descontos e não temos muita dó de gastar com livros.

De todos vcs, a Helena é sem dúvida a mais fanática: ainda na primeira série ela já lê muito bem e sempre está procurando por coisas mais dificeis. Quando em outubro a vó Nair e o vô Manoel vieram nos visitar, vc foi mostrar a sua fluência na leitura: pegou um livro e começou a ler para a vovó. O problema é que vc só lê em inglês, mas a vó Nair não entendia uma palavra.

Para encanto de todos, vc ia lendo em inglês e traduzindo para o português para a vó poder entender do que se tratava a história.

Foi a coisa mais linda de se ver!

Dec 21, 2012

Presente de natal adiantado

Meu marido me liga as 11 da noite para avisar que está sem internet. Estamos quase deligando quando a campainha toca!
- Sergio, tem alguem tocando a campainha.
- Vai ver quem é, que eu fico na linha esperando.

Fui até a porta morrendo de medo e o Sergio diz?

- Vou desligar porque tem alguem atendendo a porta.

Eu estava com tanto medo que nem percebi a frase e disse "ta bom"

Quando abri... TCHARAM... era o meu marido chegando um dia antes! 

A ideia original era entrar pela porta dos fundos e se deitar na nossa cama, mas ele teve bom senso e resolveu não estragar nosso natal: se eu nao morresse de susto, mataria o intruso!!!


Dec 17, 2012

Quem é essa Luisa???

- Quem é essa, Luisa?

- Sou eu. Eu estou triste porque o papai foi pra Sarnia!



Dec 12, 2012

Book City

Depois de quase 4 anos de Canadá, eu comecei sentir falta de uma livraria como a Cultura onde eu sempre encontrei de tudo ou os maravilhosos sebos de São Paulo, onde se encontra o que vc não estava procurando, pelo preço que vc sonhava pagar.

Pesquisando na internet e perguntando para meus amigos leitores compulsivos eu encontrei varias alternativas aqui em Toronto.

Uma dela é a Book City. Eu fui na loja da Bloor (501 Bloor street west) e adorei!!! Além de ter encontrado muita coisa interessante nas prateleiras, os preço eram aceitáveis e os vendedores sabiam do que estavam falando.

Eu fiquei em dúvida entre duas traduções de um mesmo livro e o rapaz já conhecia um dos tradutores através de outros livros do mesmo autor e soube me dar uma opinião. Depois eu perguntei sobre um outro autor que ainda não li e queria uma direção por onde começar e então ele chamou o outro funcionário. O rapaz já tinha lido aquele autor e me ajudou a escolher um dos livros dele.

Fiquei muito bem impressionada e acho que pra quem gosta de ler algo diferente vale a pena dar uma passadinha lá.

Eu encontrei varios livros da Clarice Lispector e o livro mais novo do Chico Buarque, alem de muitas coisas do Saramago.

BMV bookstore

BMV (book, movie, video) é um sebo super legal e vc encontra de tudo um pouco. Ela tem (na minha opinião) 4 andares e eu sai de lá carregada de livros. Tinha muitas coisas interessantes para as crianças e varios estilos para adultos. Tudo mais ou menos organizado e com preços otimos.

No ultimo nivel (tem uma escadinha meio escondida no segundo andar) eles têm muitos comics (historias em quadrinhos) pra todos os gostos.

Eu fui na livraria da Bloor (471 Bloor street west) e vale muito a pena dar uma passada por lá.

Chapter, Indigo, Coles

As maiores livrarias do Canada são a Chapters e Coles, que na verdade fazem parte da mesma empresa.

Eu particularmente não gosto muito. Se vc está procurando aquele livro super famoso, que todo mundo está lendo no momento ou aquele livro que virou filme da estação: com certeza vc vai encontra-lo ali.

Mas se vc está procurando por um autor diferente, especialmente os estrangeiros... dificil! Ainda que por acaso vc encontre um livro de um autor diferente, provavelmente só terá o título mais famoso dele.

Um exemplo é o Jostein Gaarder. Eu sou fã dele e estou sempre procurando livros que ainda não li, mas na Chapter só tem "O mundo de Sofia", quando tem! Sem contar que eu acho os livros muiiiito caros. Qualquer livrinho infantil que em uma loja de usados se encontra novinho por 1 dolar, lá vc paga no mínimo 5.

Eu gosto de ir até lá para ver livros infantis, saber quais sao as novidades, mas geralmente nao compro nada. As vezes compro algum livro de arte com fotos de pintures que eu gosto.

Dec 10, 2012

Criança comendo bobagem

A mãe prepara uma calda de chocolate com leite condensado e creme de leite para comer com cheesecake. Para acompanhar ela bate frutas vermelhas com leite, banana e um pouco de leite condensado. 

Chama as crianças para comerem e... 

uma está comendo cenourinha

a outra quis uma maça 

e o outro quis uma torradinha com manteiga!!!

É uma sacanagem sem tamanho com a pobre mãe. Eu bem que tento ser uma cozinheira de mão cheia, mas estou me tornando uma cozinheira gorda porque eu faço um monte de coisas diferentes e eles só querem comer bobageira (cenoura, pepino, feijao...).

Conversa romântica com o marido:


- Querido, estou comendo demais!!! Se continuar desse jeito vou virar uma baleia!!! 

- Cuidado pra não ficar igual a mim.

- Acho que vou colocar uma foto sua na porta da geladeira!

Dec 3, 2012

O dom não falar o que vc pensa

Uma menina da classe da Helena fica falando que a Helena beijou o melhor amigo dela!!! 

A Helena fica super chateada porque ela ainda está naquela fase em que quando ve um casal se beijando diz "arghhhh". 

É duro dizer "ignora o que ela fala!" quando vc tem vontade de dizer "fala pra ela que vc beijo mesmo e que foi de lingua".

Mantendo o Português das crianças

- Mama, eu posso comer as sereias? - Acho melhor voce comer as cerejas!