Skip to main content

Dia de neve

 Hoje de manha quando acordei e vi tudo branquinho, confesso que fiquei meio desanimada. Já eram 7:15 da manhã e eu ainda tinha muitas coisas para fazer até as 8:15, quando eles saem para ir para a escola. E em dia de neve, tudo fica mais demorado: mais roupas, mais tempo limpando a garagem e o carro, mais trânsito, mais distração para as crianças.

E para completar o dia, meu carro estava com o pedal do freio de "mão" quebrado e o Sergio ficou aqui para leva-lo ao conserto bem cedo antes de ir para Sarnia. Nós dois saímos para limpar lá fora e eu com o alarme do celular pronto para tocar as 7:30.

Depois de vários dias com temperaturas inferiores a -15 e sensação térmica bem mais baixa, foi um alívio ver que estávamos com -3 e a neve já estava ameaçando derreter. Eu particularmente adoro quando isso acontece: neva bastante e depois a temperatura sobre. Alem de ficar mais agradavel para ficar lá fora tirando neve ou brincando, também fica possivel fazer os tão sonhados bonecos de neve.

A neve fica tão molhada que basta vc fazer uma bolinha de neve e ir rolando na neve (a bolinha, não vc) para ela ir crescendo e formando bolas enormes. A parte mais difícil é pegar aquelas bolas pesadas para colocar uma em cima da outra.

Quando olhei lá fora e vi tudo branquinho as 7:15, eu realmente achei que meu dia seria daqueles em que tudo dá errado, mas não foi! Cheguei na escola no horário, o Sergio conseguiu consertar o carro antes do almoço, almoçou comigo e só depois foi pra Sarnia, quando as estradas já estavam mais limpas e segura. Eu ainda brinquei bastante com as crianças e o cachorro lá fora, fiz lição com a Helena e o Sergio chegou são e salvo e trabalhou até mais tarde, rs.

Nosso "monstro" da neve já está meio capenga, agora que estamos com 3 graus positivos e as crianças exaustas de carregar neve de um lado para o outro.