Skip to main content

O melhor amigo do homem é o sapo.

Eu tenho recebido uma enxurrada de posts no FB sobre os missionários brasileiros presos no Senegal. Até agora eu não tinha me inteirado da histórias e hoje fiquei sabendo que eles foram libertados. Eu teria passado batido se não tivesse lido um comentário falando da "santidade" desses missionários que estavam "levando a palavra de deus ao mundo?".

Lendo as notícia e várias outras notícias a respeito eu acabei ficando contra os missionários e achando que de certa forma o governo no Senegal estava certo em prendê-los.

Eu escrevi um post sobre os trabalhos voluntários no Canadá. E acho que de certa forma este trabalho missionário caminha na mesma direção. Eu não tenho nada contra evangelização: dou o maior apoio para quem queira levar "a palavra de deus por aí". Ainda que ache uma agressão a pessoa vir tentar me evangelizar na porta da minha casa, eu costumo tratar esse pessoal super bem e só desço do salto se a pessoa for muito inconveniente.

Agora, se eu ficar sabendo que tem um fulano qualquer tentando evangelizar meus filhos menores de idade, sem o meu consentimento, eu não só vou descer do salto, como o salto vai voar longe.

Esses missionários poderiam ter feito um trabalho maravilhoso com essas crianças, tirando-as das ruas, dando casa, comida, educação e uma chance de mudar a vida dessas crianças. Com educação, essas crianças, quando adultas teriam condições de escolher sozinhas um caminho a seguir.

Pegar uma criança pobre, dar um prato de comida e tentar converte-la a outra religião, pra mim, é corrupção de menores.


Ajudar alguem esperando algo em troca, não é ajuda: é comércio!