Skip to main content

Matemática do amor

Simbolo-do-infinito-azulComo as crianças têm uma certa dificuldade de entender o que é abstrato, as vezes fica difícil mensurar, para elas, o tamanho do meu amor! E mesmo elas têm dificuldade em me dizer o quanto elas me amam!

Fica aquela conversa megalomaníaca de "meu amor é maior que um prédio", "meu amor é maior que o planeta terra", "meu amor é maior que o céu".

Um dia, eu mensurei meu amor como não tendo fim: ele é maior do que tudo o que existe e não termina nunca. Foi difícil para eles imaginarem uma coisa assim. Então eu expliquei que os números são como o meu amor: nunca terminam. Não existe o último número e sempre vai aumentando aumentando aumentando...

Mostrei para eles o símbolo do infinito (este da foto) e disse que meu amor é infinito como este símbolo: não tem fim. Não sei se eles conseguiram entender exatamente o que eu estava falando, mas guardaram o símbolo!

Agora, aqui no Vale das Pedrinhas, a maior declaração de amor é o símbolo do infinito feito com as mãos!  Aquele coração "pulsando" com as mãos na frente do lado esquerdo do peito, foi substituído por dois círculos grudados feitos com os dedos indicadores e polegares!

E eles sabem muito bem o que este símbolo significa. Eu espero que um dia, os três tenham a oportunidade de sentir esse amor que sufoca, que transborda, que enlouquece e que não acaba nunca!