Skip to main content

Posts

Showing posts from March, 2014

Invasões

E as invasões de casas chegaram no Canadá! A cidade onde o Sergio mora está passando por uma onda de invasões neste final de inverno. Apesar de ser uma cidade pequena e muito pacata, os moradores estão meio assustados!

A noticia boa é que ...os ataques não são feitos por humanos: são os animais silvestres que estão entrando nas casas a procura de comida! Um descuido e odono da casa pode ter a ingrata surpresa de ver sua cozinha toda suja e contaminada sabe se lá pelo que!
Eu entendo que os bichinhos estejam famintos e desesperados para alimentar suas crias que estao nascendo nesta época do ano, mas mesmo com vontade, eu sei que nao devo alimenta-los porque os problemas que eles causam são complicados.

Aqui no Canadá, os racoons são os principais transmissores do virus da raiva. Alem disso, eles invadem o forro das casas para "hibernarem" no inverno e terem seus filhotes.
Na página oficial da prefeitura de Toronto tem todas as normas que devemos seguir para retirar os bichinhos…

Você fala inglês?

E esta eh a vida dura da imigracao!


As meninas foram convidadas para um aniversario e uma mae sugeriu q ela levaria  e eu traria as meninas p casa. Eu disse q poderia levar as meninas e ficar esperando, mas entre um "get" e um "take" qualquer, eu entendi q ela levaria a filha dela, deixaria no aniversario e eu traria a menina de volta pra casa.


Ela entendeu que eu faria o serviço completo e buscaria e menina em casa. O problema é que ela me ligou quando eu já estava na rua do buffet, que diga-se de passagem, era um tanto longe da minha casa!!!


Eu fiquei super chateada mas não pude voltar para pegar a menina e ela por sua vez, não levou a menina ao aniversário, mesmo tendo tempo porque ainda faltavam 20 minutos e o atraso seria de no máximo 10 minutinhos!


Conclusão: a menina perdeu a festa e eu perdi meu dia!!! Fiquei me sentindo culpada mesmo tendo quase certeza que não combinamos que eu pegaria a menina.


O que salvou um pouco meu diaç foi que eu levei uma outra amigui…

Quando em Roma...

... faça como os romanos fazem!!!


Esse ditado popular é fundamental para se viver em sociedade e especialmente no caso dos imigrantes, ajuda muito a se integrar na nova vida.


As festas de aniversario canadenses são infinitas vezes mais simples que as festas brasileiras e são, normalmente, voltadas exclusivamente para as crianças. De uma maneira geral, as pessoas não se importam muito com os irmaozinhos e convidam o amigo (a) direto do seus filhos.


Eu tenho uma certa sorte porque a Helena e a Luisa são muito proximas e a escola tem o sistema de "split classes" o que faz com elas tenham as mesmas amigas. As duas normalmente são convidadas para todas as festas, mas não é sempre que isso ocorre e a outra criança tem que entender que nao pode ir.


Meus filhos aprenderam isso desde muito cedo e são tranquilos em relação a este "problema", eu arrumo algo para fazer com as crianças que "sobraram" e fica tudo bem.


Infelizmente nem todos os pais se adaptam a este jeitti…

Francophonia

Hoje a escola das crianças teve uma comemoraçao da Francophonia. Todos os alunos fizeram apresentaçãoes em francês com tradução para o Ingles, é claro! E o evento foi aberto aos pais que quisessem assistir!


Foi interessante ver algumas coisas, ouvir as crianças falando francês, mas principalmente ver o interesse da professora em ensinar a lingua para as crianças.


Apesar de ser um país bilingue, a grande maioria das pessoas nas províncias inglesas não falam frances. Só existe uma provincia que pode ser chamada bilingue (será???) que é New Brunswick onde a grande maioria da população fala ingles, mas que tem 33% dos habitantes que falam frances. O problema é que quem fala uma lingua, normalmente não fala a outra rs.


Eu acho triste, porque seria legal se as pessoas falassem as duas linguas e seria mais legal ainda se todas as escolas efetivamente ensinassem o frances em Ontario. Existem as escolas de imersao em frances, onde metade das aulas sao ministradas em ingles e metade em frances, ma…

O que a sua dieta está fazendo com a sua saúde?

Este link aqui em baixo esta relacionado a um estudo feito na Austria comparando diferentes tipos de dietas e a incidencia de doenças.


The Association between Eating Behavior and Various Health Parameters: A Matched Sample Study


Eu achei os resultados muito interessantes porque sempre achei estranho que uma dieta totalmente vegetariana fosse melhor que uma dieta carnívora. Na minha opinião a carne é um elemento muito importante na nossa alimentação e é um tanto complicado substitui-la, ainda que possivel!


Para optar pelo vegetarianismo é preciso um conhecimento sobre nutrição para se conseguir substituir de forma apropriada todos o nutrientes que encontramos na carne mas que não são facilmente encontrado em vegetais.


Independente da minha opiniao, o estudo mostrou que a dieta vegetariana acaba levando a um aumento da incidencia de alguns tipos de doenças, especialmente as alergias e doenças mentais, como ansiedade e depressão.


No meu ponto de vista, o ideal mesmo é o equilibrio em tudo.…

5 ANOS

Hoje completamos 5 anos de Canada!!!! Todo mundo diz que este é o tempo necessário para as pessoas se adaptarem e se estabilizarem aqui e eu acho que é mais ou menos isso. Pelo menos com a gente foi assim!




São muitas lembranças, muitas mudanças, muitas histórias... muito de tudo! Tem sido um privilégio viver toda esta experiência e sentir que está valendo a pena cada segundo, cada obstáculo, cada mudança de rota!




Pra quem está vindo, eu só diria para abrir sua cabeça para o novo, pra o diferente, para o inesperado.
Enfrentar as dificuldades sem comparações, sem preconceitos, sem peso, sem pena de si mesmo!


Aqui se perde muito, mas também se ganha muito, tudo vai depender de como cada um olha à sua volta!  Não tenha medo de desafios!!! Muita gente encarou o mesmo caminho que vc e com mais obstáculos. Até onde eu sei: todo mundo sobreviveu!


Obrigada Canadá pela oportunidade!



Chuva em São Paulo

Há cinco anos atrás choveu muito em São Paulo!!! Choveu tanto que nós estávamos com medo de perder o avião que nos traria para a maior aventura da nossa vida! Ficamos horas parados nas marginais Pinheiros e Tiete tentando cruzar a cidade pela última vez desde então!


Foram horas de emoções contraditorias, medos, choros e ao mesmo tempo uma alegria infinita de quem está realizando um grande sonho!


Há 5 anos nós deixamos o Brasil e aquela nossa vida para trás. Até hoje não conseguimos voltar nem para visitar e pra ser honesta, acho que ainda vai demorar um tempo para isso acontecer. De uma certa forma, naquele 17 de março de 2009, nós nos despimos da vida que tinhamos e embarcamos nús para vestir a nova vida que tinhamos escolhido.


Quando entrei naquele avião me veio uma vontade enorme de chorar, de gritar, de contar pra todo mundo que eu estava realizando um grande sonho e que estava desesperada! Eu e o Sergio nos olhávamos e nos perguntavamos o que estavamos fazendo ali com nossos 3 filho…

Apenas bonecos de ventríloco

O Sergio encontrou um pen drive com copias de e-mails que trocamos em 2005! Foram e-mails do período em que estávamos em Atlanta e logo que voltamos para o Brasil!

Ele me mandou alguns destes e-mails agora e eu acho que vamos nos divertir muito lendo tudo aquilo.

Em um deles, tinha um papo sobre uma versão para a música "a nova loira do tchan" e no outro estávamos discutindo as possibilidades de sair do Brasil:

- doutorado no exterior.

- emprego em multi-nacional alemã (????)

- procurar um desses consulados de paises que aceitam imigrantes.

Como é difícil a vida sem saber o que vai acontecer no futuro! Eu imagino os ventrílocos se divertindo com a nossa aflição e decidindo para onde iam nos mandar!!! Decidiram nos mandar para o Canadá, através de um processo de imigração infinito e terminando bem no ano da grande crise mundial: 2009.

Ninguem pode dizer que nós não somos persistentes!!!

Visita da polícia

Eu costumo deixar a porta da frente aberta quando está sol. O Blue adora ficar deitado ali tomando um solzinho e vendo o movimento da rua. Tem uma porta de vidro que eu posso trancar para ele não sair e eu fico tranquila.Hoje eu nao só deixei a porta aberta como deixei a chave na fechadura!!! Mas apesar de ter esquecido, não me preocupo porque a porta de vidro fica trancada! Mas alguem viu e se preocupou porque a campainha tocou e era a polícia.O policial foi muito educado e disse que alguem ligou para eles porque achou estranho a porta aberta e a chave na porta! Então eles vieram averiguar se estava tudo bem!Que bonitinho!!! Se eles soubessem que até a bolsa com todos os documentos eu já esqueci na entrada da casa, passariam a fazer ronda na minha rua todo dia!