Skip to main content

Quando em Roma...

... faça como os romanos fazem!!!


Esse ditado popular é fundamental para se viver em sociedade e especialmente no caso dos imigrantes, ajuda muito a se integrar na nova vida.


As festas de aniversario canadenses são infinitas vezes mais simples que as festas brasileiras e são, normalmente, voltadas exclusivamente para as crianças. De uma maneira geral, as pessoas não se importam muito com os irmaozinhos e convidam o amigo (a) direto do seus filhos.


Eu tenho uma certa sorte porque a Helena e a Luisa são muito proximas e a escola tem o sistema de "split classes" o que faz com elas tenham as mesmas amigas. As duas normalmente são convidadas para todas as festas, mas não é sempre que isso ocorre e a outra criança tem que entender que nao pode ir.


Meus filhos aprenderam isso desde muito cedo e são tranquilos em relação a este "problema", eu arrumo algo para fazer com as crianças que "sobraram" e fica tudo bem.


Infelizmente nem todos os pais se adaptam a este jeittinho canadense e acabam prejudicando os filhos. Vou explicar como!!!


Quando convidadas para as festinhas, eu levo as crianças e já fico preparada para ir embora. Se o local da festa é muito distante da minha casa, eu já pesquiso algo para fazer na regiao: um shopping, uma loja interessante, um cinema ou restaurante. As festas têm sempre duração de 2 horas e tanto começam como terminam pontualmente. Chegou atrasada, perdeu uma parte da festa e é facil se programar porque no horario escrito no convite a festa vai terminar e seu filho vai estar prontinho para ir embora, te esperando na porta.


As vezes os pais podem ficar, em raras ocasiões tem até um cafezinho ou pizza, mas eu acho educado perguntar antes de se instalar em um sofá e principalmente... seguir o ditado: ver o que os "romanos" estão fazendo. Coisa de macaquinho mesmo, pra evitar situações embaraçosas para vc e para os anfitrioes.


Eu nunca tive problemas em relação a essas coisas porque as pessoas são bem conscientes, mas... sempre tem aquela pessoa chata que não segue regras de convivencia e causa problemas (imaeiatos e futuros).


Uma certa mae que eu conheço sempre fica: ela fica nas festinhas, ela fica nos playdates, ela acompanha a filha em todos os lugares que a menina vai. E ela não fica sozinha: ela fica com o filho mais novo e traz o marido a tira-colo.


A primeira vez que eu convidei a menina para vir aqui em casa, ela veio tambem com o irmao da menina. O marido estava trabalhando, graças a deus. Ela ficou aqui o tempo todo e eu nao me incomodei porque era a primeira vez que a menina estava vindo, poderia estranhar, bla bla bla... foi chato porque ela não é exatamente uma pessoa boa de papo! Eu começava um assunto e ela respondia "sim", "não", "ok" até que chegou uma hora que minha imaginação chegou ao fim e ficou aquele silencio incomodo no ar, rs!!!


O problema é que das outras vezes em que eu convidei a menina, ela veio novamente com o filho e ao inves de dar atenção às crianças, eu tive que ficar fazendo sala para ela! Conclusão: não convido mais a menina para playdates!


Uma outra vez, eu chamei umas amigas da Helena para jogar boliche. Adivinha quem veio com o filho e o marido??? Pois é!!! E ao inves de deixar a menina e ir fazer outra coisa, ou alugar um pista para si... não, ficaram sentados ali, cuidando da menina. Foi super chato porque mais uma vez eu tive que ficar "fazendo sala".


E em todos os aniversarios, seja em buffet, seja em casa, a familia inteira acompanha a menina!!! O chato disso é que a mãe que convidou, normalmente está preparada para receber crianças, se organizou para dar atenção às crianças e não ficar "fazendo sala" para uma mãe sem assunto e seu filho antipático (triste mas é verdade, o menino é um cocô).


Aos poucos, cada vez eu vejo a menina em menos festas, menos playdates e imagino todo mundo pensando duas vezes antes de convidar esta criança para qualquer atividade!


Sleepover (dormir na casa do amiguinho)???? Só cedendo a cama de casal para os pais da menina!