Skip to main content

O drama do presente de aniversário!!

Eu sempre adorei comprar presente de aniversário para criança!!! Adoro ficar olhando as opções e analisando quais habilidades aquele brinquedo vai desenvolver naquela criança. E quando eu gosto da criança... o prazer é ainda maior! Mas agora que a criançada está crescendo está ficando cada vez mais dificil escolher presentes, então o melhor é comprar o que a criança realmente quer e vai gostar.

Mas...

A Helena foi convidada para um aniversário esta semana e a menina está completando 8 anos! Perguntei para a mãe dela o que ela gostaria de ganhar e a mãe sugeriu que eu comprasse algo da coleção "My little Pony".

Hoje eu fui na loja comprar o presente e me deparei com uma duvida terrível!!!! Achei a coleção  muito infantil e simples. Não consegui encontrar nenhum que me agradasse e as meninas também não gostaram de nenhum. Sem contar que a Luisa ganhou um no aniversario do ano passado e pouco brincou com ele: fica guardado em uma gaveta.

O anjinho da minha consciência dizia: "mas a menina pediu AQUELE BRINQUEDO MARI!!!" Ok, peguei o brinquedo e disse: cada um com seu cada um!!!

Já na fila do caixa, resolvi ligar pro marido e ele achou que eu deveria tentar um presente diferente: algo que talvez a menina não conheça e que seria uma alternativa ao negocio que eu nao gostei!

Lá fui eu dar uma volta pela loja  e encontrar uma super promoção da "Mansão da Barbie"!!!

Bem, eu já paguei a lingua milhoes de vezes com a Barbie porque nunca fui chegada nesta boneca e agora minhas meninas têm uma coleção de bonecas e acessorios, alem do carro, do cavalo, a carruagem, e a mansão, que é o meu favorito! Não é exatamente um lego, mas tem varias coisas para serem montadas e eu acho que trabalha muito a imaginação da criança.

E então, indo contra o desejo da criança e da mãe, eu comprei a Mansão da Barbie e espero que ela goste. Na dúvida, coloquei o gift receipt para elas poderem trocar: o preço era o mesmo!

O marido e o diabinho da minha consciência estão super felizes, mas o anjinho continua aqui reclamando: "não foi isso que ela pediu"!

Mas acho que aprendi a lição: nunca mais eu pergunto o que a criança quer ganhar!!! Eu vou comprar o que eu achar legal ou no máximo levar o amigo para escolher comigo! E depois a criança que resolva com seus pais o que fazer do presente! Mas presente que eu não gosto EU NÃO COMPRO!