Jun 22, 2015

Por acaso este carro eh seu?

Larguei a Helena no campo para jogar futebol e fui com a Luisa para outro campo. Elas jogam futebol no mesmo dia e mesmo horário, porem em campos diferentes. 

Pra dar conta de tudo, eu deixo a Helena com o Eduardo e o Coach, e corro com a Luisa para o outro campo.

O time da Luisa (Inglaterra) ganhava de 2 a 1 contra o Canada, quando eu vejo uma mulher mostrando uma foto em seu celular para todos os pais que assistiam ao jogo. Quando chegou em mim, ela disse:

- Por acaso esse seria o seu carro?

E eu vi uma linda foto da placa do meu carro no celular dela!!! Ela
conseguiu bater no parachoque traseiro do meu carro e deixar o carro dela preso no meu!!

Ela parecia bem chateada e preocupada e eu fiquei morrendo de pena! Infelizmente estas coisas acontecem e nestes estacionamentos  de parque não eh nada difícil acontecer porque muita gente estaciona de qualquer jeito. Eu tenho a impressão de que ela tentou desviar de outro carro e acabou se encaixando no meu!

Trocamos telefones, eu fotografei os doctos do carro dela e ela disse que prefere pagar o conserto ao invés de acionar o seguro. Como foi so funilaria, eu acho que vai ser melhor também. Já conversei com um amigo que trabalha super bem e ele vai fazer um orçamento que eu vou apresentar a ela.

Quando voltei para o campo, o jogo tinha virado e o Canada estava ganhando de 5 a 2. Mas as meninas da Inglaterra acordaram de repente e fizeram 3 gols em sequencia! Empatamos e o coach da Luisa veio me contar que ela cruzou o campo com a bola no pe e quase fez um gol.

Ao terminar o jogo, eu peguei a Luisa e fui voando para o outro campo (10 min) para pegar a Helena e o Edu. Ao me ver a Helena e o coach vieram correndo me contar que a Helena fez um golaço no finalzinho do game e o time dela (Canada) ganhou de 5 a 4 contra os Estados Unidos.

E gentilmente, o coach ficou no campo me esperando. Nem tenho mais como agradecer a estes dois coaches que estão sempre me auxiliando nestes horários corridos de jogos em campos diferentes.

Em pensar que esta correria não vai ser nada comparado ao que me aguarda nas próximas semanas!!!! Assunto pra outro post...

Jun 18, 2015

As flores de plástico não morrem...

... mas também não são tão lindas, também não têm perfume e não nos ajudam a relaxar e curtir a primavera!

Se há uma coisa que eu amo no Canadá, é o meu jardim! Na verdade, qualquer jardim! É uma delícia acompanhar as flores e folhas crescendo e reaparecendo depois do inverno e apreciar os botões surgindo e colorindo o país.


Existe uma variedade imensa de plantas que aguentam bem o inverno rigoroso e que voltam lindas na primavera. São as chamadas plantas Perenes!

Eu tenho várias no jardim!!! Nem bem começa o mês de Março e eu já fico de olho, procurando os primeiros brotinhos.

Minhas favoritas são as rosas e as Peônias. Eu tenho varias de cada uma e estou sempre procurando um cantinho para plantar uma nova!

E na pressa de aproveitar os poucos meses de calor, essas plantas florescem feito malucas durante todo o verão!! Tem flores suficientes para enfeitar o jardim e também enfeitar a casa com flores frescas e perfumadas.

E como são perfumadas!!! As Peônias deixam um perfume muito bom na casa. É impossível passar pela minha cozinha e não sentir o cheirinho dela!

O mais legal é que são fáceis de cuidar! Bem, devem ser fáceis porque eu não sou uma boa jardineira e as minhas florescem todo ano e estão cada vez mais lindas.

Como eu sempre digo: no Canadá, até quem não "tem o dedo verde" consegue ter um jardim florido!




 





Jun 17, 2015

Suburbio - carro = logística complicada

Ontem meu carro quebrou!!! Como sou uma pessoa de sorte, ele quebrou quando eu estava entrando na minha rua e foi uma malabarismo para conseguir estacionar na minha garagem, mas consegui. Ainda não sei direito o que aconteceu mas ele começou fazer um barulho horroroso e o volante simplesmente não virava.

Liguei para o CAA* e pedi um guincho. Ainda não faz 24 horas e já estou exausta de tanto andar! Tudo por aqui é longe e esta história de viver no subúrbio, perto de um grande parque, em uma área estritamente residencial nos torna muito dependentes das 4 rodas.

Estou esperando o mecânico me ligar para saber quando ele vai ficar pronto mas já me programei para as longas caminhadas e os horários dos ônibus. Ontem eu levei a Helena na aula de piano de ônibus, mas infelizmente não deu pra leva-la ao "Dia da Foto" do futebol!!! Os horários eram muito próximos e sem carro ficou impossível!

Nestas quase 24 horas eu já consegui ter uma noção de como a vida sem carro no subúrbio é complicada! Aqui pertinho de casa tem uma linha de ônibus que vai para o metro de Toronto. Seria uma mão na roda se eu fizesse algo em Toronto, #SQN!!! Quase tudo o que a gente faz é aqui por perto ou em Mississauga, que é a cidade mais próxima do meu bairro.

Ônibus indo para Missi (como os paulistas apelidaram a cidade) só andando 10 minutinhos a pé!! Ontem, eu tive sorte que um dos ônibus passava em frente à escola de piano, mas se o seu compromisso não ficar próximo a uma grande avenida... tem que andar.

Dá pra viver sem carro? Dá, claro!!! Mas grande parte das coisas que as crianças fazem hoje não seria possível fazer se tivéssemos que nos locomover de ônibus ou bike. As opções seriam limitadas e a logística bem mais trabalhosa!

É triste admitir, mas no bairro onde eu moro, carro é artigo de primeira necessidade. Não é à toa que todas as garagens têm pelo menos dois carros.

* CAA - O CAA é um tipo de seguro que te dá direito a assistência quando vc tem algum problema com seu carro! Você paga uma anuidade e liga pra eles sempre que tiver algum problema. Normalmente eles dão uma olhada e se for algo fácil, eles fazem o conserto na hora (vendem e trocam bateria, tocam pneu...) ou guincham o seu carro para o seu mecânico. Para pessoas que como eu não entendem NADA de carro, vale muito a pena!!

Mantendo o Português das crianças

- Mama, eu posso comer as sereias? - Acho melhor voce comer as cerejas!