Apr 12, 2017

E como decidir o momento de começar a escola?

Eu me sinto envaidecida com esta noticia, mas tb um pouco enraivecida!

Segundo este artigo publicado esta semana na revista Today's Parent, (Redshirting kindergarten: New data on when to start school) o Toronto District School Board, chegou à conclusão de que as crianças que nasceram nos meses finais do ano, muitas vezes acompanhariam melhor a escola se entrassem no Kindergarten com um ano de atraso.

O que acontece no Canadá é que as crianças são matriculadas na escola de acordo com o ano de nascimento. Assim, na classe do Eduardo, todos os grade 8s nasceram em 2003, na classe da Helena os grade 5s nasceram em 2006 e na da Luisa, os grade 4s nasceram em 2007.

 O que me deixa frustrada é que desde que chegamos no Canadá, em 2009, nós lutamos para convencer o TDSB (Toronto District School Board) de que seria melhor para o Eduardo perder um ano escolar e ser o mais velho da classe, ao invés de ser sempre um dos mais novos. 

Na Alemanha já existiam estudos que indicavam que era melhor para as crianças do final do ano atrasarem um ano de entrada na escola. Pra complicar o meu caso, o Eduardo chegou ao Canadá com apenas 5 anos recem completados, sem falar uma palavra de ingles. Chegamos em Março e ele já começou o Senior Kindergarten, mas em Junho acabaram as aulas e em Setembro, ele começou o grade 1.

Foram várias discussões com diretores de escola e professores e todo mundo dizendo que ele ficaria bem. Sim, ele ficou bem, está se formando agora na oitava série, mas eu sei que não foi facil e que teria sido muuuuuito melhor para ele ter "perdido" um ano letivo lá atrás. Eu posso quase afirmar que ele não fez a primeira serie porque a escola estava mais concentrada em ensinar inglês para ele. 

Eu tenho vontade de imprimir este artigo e esfregar na cara de cada diretora e cada professora que se recusou a me ajudar. A vida do meu filho poderia ter sido muito mais facil!

Vou ficar apenas com a vaidade de ter enxergado em 2009 o que o TDSB só conseguiu enxergar em 2017! Espero que outras crianças sejam beneficiadas por este estudo e que os diretores de escola realmente ouçam os pais. Grande parte deles só querem facilitar as coisas.